free hit
counters
aagmsilva - The Lotus Forums Jump to content


aagmsilva

Basic Account
  • Content Count

    99
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

6 Neutral

About aagmsilva

  • Rank
    LO
  • Birthday 02/07/1964

More Info

  • Name
    Albino
  • Car
    Elise S1
  • Modifications
    Demasiadas
  • Location
    Portugal - Famalicão

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. aagmsilva

    aagmsilva

  2. Pedro vi logo que o teu motor tem mãos de profissional. A cabeça do VVC é das melhores para ser trabalhada pois já tem de origem as válvulas de maior diâmetro de todos os K engine tirando os motores VHPD (Motorsport de 190 cv), deixando entrar uma muito maior quantidade de ar nos cilindros e podendo ainda ser trabalhada pera levar válvulas ainda maiores, com resultados sempre a acompanhar. São um bocado caras de trabalhar pois precisam do kit de tampas para eliminar o sistema VVC, as cames também são especiais, podendo ainda ter levado touches fixas (não hidráulicas). Se somares is
  3. Pedro desculpa as minhas perguntas mas o teu Lotus K engine deve ser dos poucos em Portugal que tem esse nível de preparação e de upgrades, daí a utilidade dos teus dados e referencias para os membros aqui do Club. A ver se eu e outros membros seguimos o mesmo caminho. PS: O mal é sempre o mesmo o carcanhol, pois a preparação do teu motor para esse nível deve andar perto dos € 2.000, se não ultrapassar em tempo de programação personalizada da Emerald e trabalho na cabeça do motor. Se puderes meter aqui uma fotos do teu motor era excelente.
  4. Pedro obrigado pelas respostas. Realmente são números mesmo muito impressionantes. O teu motor deve ter sido bem "trabalhado" a nível da cabeça e por quem sabia o que estava a fazer e nisso os brits não brincam às casinhas nem ao faz de conta. Não tens referências das pipercams que estão no motor. Pergunto porque existem várias qualidades quer para o motor normal como para o vvc. Quando falas em engrenagens de comando estás a falar nas polias reguláveis das árvores de cames? Para o arrefecimento do motor se ainda não tens no teu Elise deves montar um PRRT para ficares c
  5. Pedro ainda bem que o problema está ultrapassado. Aproveito para te fazer umas perguntas sobre os upgrades do motor do teu Lotus. Como referes que tem umas Pipercams e uma Emerald qual a experiencia que tiras desse material. Sei que não é fácil responder pois terias que ter uma referencia de origem, de qualquer modo podes sempre dar umas luzes sobre a potencia e desempenho atual face aos números de origem. Por referencia ao teu motor K ser o 1.8 16 válvulas "normal" ou uma das versões VVC. Abraço e obrigado.
  6. Olá Pedro Só vi agora o teu feedback. Tinha quase a certeza no que tu ias encontrar (ou não encontrar), mas se já tens o bypass melhor, podes andar com ou sem ele como entenderes melhor (eu acho melhor sem pois o Lotus ronca mais). Para comprar o catalisador penso que não encontrará melhores preços do que no Ebay.co.uk pois existem aos montes (novos pois pelos preço não vale a pena comprar usados) Também podes tentar na SJSportscar, RimmerBros, na EliseParts e na EliseShop, etc, conforme preço e custo de transporte. Como o teu motor é Rover K Series esses catalisadores também poderão s
  7. Bem vindo Pedro ao Clube e aos Lotus. Parabéns pela aquisição e bons kms. E cuidado com a máquina que é uma coisa infernal e lê a estrada como mais nada. Abraço. PS: e manda umas fotos para ver o rasteirinho.
  8. Olá Pedro Garcia. Antes de tudo verifica o estado do catalisador, mesmo que o tenhas de retirar do carro para inspecionar em mãos. Ás vezes encontram-se grandes surpresas. Já tive conhecimento de pessoas que tiveram o mesmo problema e vieram a constatar que o "miolo" do catalisador tinha "desaparecido". Dispõe e abraço.
  9. Now I realise Bibs doudts about the extinguisher. He has waiting for a piece of history, not of extinguisher technology itself. Brits always looking for something else of value.
  10. Para quem desconhece estes extintores espaciais passo a publicidade www.elise-shop.com Sparco Fireater Fire Extinguisher (Elise, Exige, VX220)
  11. O Sr. Presidente que me desculpe mas equipar o rasteirinho com hi-fi´s, subwoofer´s e similares não faz sentido para além de representar quase de certeza alguns segundos a mais dos 0 aos 100. Melhor mesmo é fazer uns upgrades à linha de escape (= a retirar mais algumas gorduras) e aumentar os db´s em andamento. É bem mais agradável para quem conduz o Elise e para quem o vê passar. Falando em coisas mais úteis, vejo nas fotos do Elise do Rui, entre os assentos um tubo vermelho. O que é? Creio ser o famoso extintor de origem Russa, inventado para a exploração espacial soviética. Será
  12. Olá João O Elise S1 é muito bom em matéria de soft-top. Estou convencido que se o ST que pagou, e não lhe chegou às mãos, realmente fosse montado no Lotus este ficaria como novo e sem fugas de água para o interior. Quanto à versão de 190 cv que o João pretendia comprar é só fazer o upgrade do material necessário e instalar tudo o que for preciso, pois peças não faltam. Com todos esses upgrades de motor e mais alguns de travões/suspensão/caixa/etc, o Elise fica exactamente igual ao de série, (tirando as performances). Sobre o assunto das limitações de trânsito na cidade de Lisboa, seja
  13. Penso que o melhor é mesmo andar menos à chuva. Principalmente para não estar a dar banho ao motor e associados, pois água e elétrica não combinam. Embora os nossos carros sejam uma verdadeira delícia em estrada molhada.
  14. Olá a todos. Sempre a aprender. Desconhecia de todo os dados referidos pelo Rui sobre os Elise S2 / Speedster. Sabia que o último era uma cópia chassis/suspensão do primeiro embora equipado com motor Opel, desconhecendo os tais pormenores que muitas vezes fazem a diferença. Por último mais uma pergunta ao Rui. A necessidade de evolução/produção dos Elises da 1ª para a 2ª série deveu-se apenas a questões de motorização ou envolveu outros pormenores e especificações? Que normas de segurança europeias forçaram a alteração do chassis do 1º Elise? Pergunto isto pois se há coisa que não fa
  15. O problema dos tac tac tac é muito "engraçado". Normalmente é sinónimo de bateria fraca ou descarregada, ou ligações isoladas. Mas existe também o tac tac descrito pelo João, quando se liga uma bateria externa ao carro. O João disse que o Speedster ligado a uma bateria externa manteve o tac tac. Tal deve-se ao facto dos cabos utilizados serem ou de reduzida secção ou de fraca ligação às pinças crocodilo. Aparentemente os cabos estão bem e a ligação entre as duas baterias é perfeita mas a corrente não passa e o tac tac subsiste (e o carro na rua para nosso desespero, sem fal
×
×
  • Create New...