free hit
counters
A história de um Elise (com conversão em curso) - Page 2 - Topics - The Lotus Forums Jump to content


A história de um Elise (com conversão em curso)


Recommended Posts

Miguel, absolutamente espantoso!

Muitos parabéns.

Estou a roer-me todo hehehe :P

Este é o meu primeiro post, portanto sou novo nesta casa.

O fascínio e paixão por esta marca já não é de agora, e como tal finalmente me decidi a fazer-vos companhia.

Gosto do ambiente que aqui se vive e espero vir a aprender muito convosco.

Para finalizar, prometi a mim mesmo possuir um, um dia...

Pode demorar um ano, pode demorar a vida toda, mas hei-de ter um! :D

Despeço-me por agora.

Bom trabalho.

Pura pornografia! Hehehe

Um abraço,

Tiago Carmo

Link to post
Share on other sites

Upgrade today to remove Google ads and support TLF.
  • Replies 197
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Thanks to the moderators/admin for the images resize. Now it's much better. :)

João, obrigado. :)

Tiago Carmo, desejo que esse seu sonho rapidamente se realize. ;) Também tinha o sonho de ter um Elise, e nunca pensei que tão cedo tivesse a sorte e possibilidade de ter um, até que, de um momento para o outro..."apareceu-me" um nas mãos. :D

De uma coisa pode estar certo, poderá contar com o apoio de todos nós caso necessite de ajuda na aquisição de um Lotus. Não sou nenhum profundo conhecedor mas há no Club quem o seja, e por isso nunca hesite em contactar o Club Lotus para esse tipo de questões. Claro, pode também usar este espaço (fórum) para fazer as perguntas que quiser. :)

A fim de o deixar um pouco mais "amarrado" a este tópico e em especial a este novo espaço do Club, deixo-lhe aqui duas fotos inéditas de como está actualmente o Elise:

DSC08847.jpg

DSC08918.jpg

A seu tempo (muito brevemente segue a primeira fase), irei colocar tudo o que fiz para chegar a este ponto (só espero conseguir montar tudo de novo!!! :scared: )

Um abraço,

Miguel Oliveira

P.S.: By the way, somos todos novos nesta casa. :)

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

Ó Miguel, parece que tou a olhar para o meu!!!

Maldito betaseal que nunca mais chega...

Desmontar é fácil... agora ainda vou ver como é por tudo no sitio outra vez!

Mas o mais chato disto tudo é ter o carro desmontado à mais de um mês e não haver nada, ou quase nada, que possa adiantar enquanto não chega o pouco material que está encomendado! É que supostamente já estaria no loja!

Enfim, haja paciência, que tudo à de chegar a bom Porto.

Entretanto, ontem, recibi mais um goodie para o meu!! Um Hardtop original Lotus! eheheh! depois de pintado de Lightning yellow vai ficar um espectáculo (so i hope!)

Keep up the good work, mate!thumbup.gif

Link to post
Share on other sites

Obrigado pelas boas vindas Miguel. :)

É preciso coragem para meter mãos à obra e deixar a Elisa nesse estado.

A ver se nao sobram "peças" no fim hehehe

Eu nem o radiador da minha KTM tenho coragem de desmontar :P

Um abraço,

Tiago Carmo

Link to post
Share on other sites

Nuno, a TigerSeal da Elise Parts é precisamente o mesmo produto mas de outra marca. Aliás, o AKI vende também um muito bom que é o que estou a usar desde o incío. :)

Quanto ao teu goodie, gostava de apanhar um dia um a bom preço para o S1 no eBay. :) No Inverno deverá dar muito jeito. :)

Tiago, se tem uma KTM devemos ter algumas pessoas em comum. :) Por acaso conhece o Miguel Ala Silva ou o Carlos Lebre.

Um abraço,

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

Boas Miguel.

Antes de mais trate-me por tu senão até me sinto mal :P

Quanto ao outro Miguel, penso que se esteja a referir ao Miguel do clube KTM Portugal?

Infelizmente não o conheço pessoalmente. Ainda não tive oportunidade de ir aos passeios do clube nem a Águeda.

Só troca de mensagens pelo fórum (por enquanto).

Mas sei que para além da paixão pelas duas rodas também a tem pelas quatro como nós ;)

O Carlos Lebre não estou a ver...

Um abraço

Link to post
Share on other sites

Por "tu" será então, até porque julgo que temos +/- a mesma idade. :)

Exactamente, é esse mesmo o Miguel de que falo. :) Ele é um fã dos Jags e tem um XJS, foi por aí que o conheci já há algum tempo. O Carlos Lebre é um representante da KTM em Sintra, podia ser que o conhecesses.

Bom, actualizando o tópico, este fim-de-semana vai haver novidades. :D Já estou a preparar o texto da primeira parte da conversão. :bounce: Yuuuupiiiiiii

Um abraço a todos,

Link to post
Share on other sites

Sim. Sou de '83 e vi que és de '81 ;)

Venha lá esse texto e essas fotos!! :D

Já agora aproveito para perguntar ao joaovc se conhece algum André de Peso da Régua.

É um amigo meu e tem um 7 laranja.

Um abraço "pessoales"!

Link to post
Share on other sites

Pois é, finalmente a conversão para LHD já está em marcha. :) Na realidade já estou a trabalhar no Elise há coisa de 2 semanas, pelo que já tenho algumas coisas para colocar aqui neste nosso novo espaço.

Como referi anteriormente, não me vou limitar a fazer somente a conversão, pois visto o Elise estar com alguns defeitos fruto da idade, existem mais áreas que terão de ser abordadas, pelo que este trabalho penso que me vá durar cerca de 2/3 meses, pois estou a fazer tudo muito calmamente para que haja pouco espaço para erros.

Existem várias formas/métodos de se fazer este trabalho, sendo que a forma que adoptei não corresponde necessariamente à mais correcta, é somente aquela me mais jeito me está a dar. Caso algum de vós vá fazer uma conversão num S1, nunca se deve dispensar a consulta do Club Lotus Portugal, onde vos poderá ser dado apoio técnico sobre as conversões. ;)

Bom, como muitos já sabem a conversão do Elilse S1 é extremamente fácil (já a do S2 não tanto), requer pouco material (face a um automóvel comum) e poucos conhecimentos de mecânica. Apenas é necessário bom senso, paciência e claro, algum jeito para bricolage (acho que todos os lotistas os têm). Quanto às peças que são necessárias, ao longo do tópico, com as diversas fases irei mostrar todas as peças que têm de ser adquiridas, peças com referências, preços e o local onde podem comprar, se bem que na sua maioria a SJ Sports Cars é a empresa que melhores preços faz.

Umas das coisas que logo à partida terão de ter é um bom conjunto de ferramentas e muito WD40, pois como irão ver, o Elise S1 não é propriamente uma referência no capítulo da qualidade, e tudo o que é ferro está geralmente em muito mau estado. Os parafusos então, o melhor será trocar tudo por parafusos novos pois pela certa estarão todos muito enferrujados, e é precisamente no parafusos que terão de usar WD40 a as ferramentas com as dimensões correctas, caso contrário irão moer as cabeças e terão uma pequena dor de cabeça para os remover.

A Elise Shop vende um kit de parafusos muito interessante e a um excelente preço, no entanto só sobre parte do problema. Ao longo do processo preparem-se para visitarem algumas vezes as lojas de parafusos perto de vós….

O kit da Elise Shop é este:

http://www.elise-shop.com/stainless-steel-fastener-kit-elise-s1-p-277.html

Basicamente cobre todos os parafusos do exterior do Elise e está muito bem organizado, tendo vários saquinhos onde no exterior diz que parafuso é exactamente e onde deverá ser colocado (segundo o manual oficial da Lotus, que também terão de ter).

Tudo incluindo, são cerca de 450peças!!!!

DSC07746.jpg

Estes parafusos são exactamente iguais aos parafusos de origem, mas têm tratamento marinho à prova de qualquer tipo de corrosão. :)

Este kit, tal como disse, para além de estar bastante completo, vem muito bem organizado, sendo que está tudo divido por pacotes.

DSC07801.jpg

Cada pacote corresponde a uma secção da carroçaria. :)

DSC07805.jpg

No caso acima mostrado, pode-se ver que o pacote tem 6 parafusos e que estes devem ser usados no "bulkhead fixing in the boot", que basicamente é a firewall traseira. Até aqui tudo bem, mas eles vão mais além, pois logo a seguir à descrição vem um código: "30.19 dep 6".

Pois bem, este código não é nada mais nada menos que a exacta localização no esquema de peças oficial da Lotus, que está disponível on-line (deroure) para qualquer pessoa ver. Assim, deve-se ler como sendo parafusos que estão inseridos na secção 30.19 do manual de peças, e é a peça número 6:

30_19.gif

Brilhante!!! :)

Posto isto, vamos então às primeiras imagens oficiais da minha conversão. Repito que não estou a seguir uma linha certa, vou fazendo aquilo que naquele momento me apetece e está mais a jeito, pelo que a forma com estou a trabalhar nele não é regra.

Comecei pelo interior. :)

DSC08437.jpg

No interior tinha vários defeitos fruto da idade, como por exemplo os botões estarem todos solto e alguns com as lâmpadas internas fundidas:

DSC08441.jpg

O centro do volante, embora na foto não pareça, está muito desgastado, estado quase preto em algumas zonas:

DSC08445.jpg

Ali o travão de mão também já é novo (tinha colocado há pouco tempo), sendo que é um travão de mão original da Lotus mas para o S2. Fica muito melhor este em relação ao original de borracha, até porque muito possivelmente o original de borracha terá de ser cortado para sair do local…

Bom, comecei por desmontar as peças do tablier. Parte do tablier (toda a parte superior) é fixa e não tem de ser substituída, mas todas as peças frontais já terão de ser peças para LHD.

Ao longo dos desenhos, irão aparecer cruzes a vermelho, estas cruzes significam que são peças que terão de ser substituídas por novas. Caso vejam cruzes a azul, significa que são peças que eventualmente podem ser novamente usadas mas com condicionamentos.

A primeira coisa que fiz foi remover as peças frontais plásticas do tablier, peças essas que então em redor dos botões, sistema de regulação de ar, etc.

DSC08453.jpg

Para isso, a primeira coisa que fiz foi desmontar o forro da coluna de direcção, removendo os parafusos que o fixam à coluna:

DSC08460.jpg

DSC08464.jpg

Mais os que estão no topo (simetricamente no outro lado da coluna)

DSC08458.jpg

Uma coisa que aconselho, pois irá facilitar imenso e sempre que removerem parafusos, depois das peças removida, voltarem a colocar os parafusos onde estavam originalmente, pois assim será mais fácil saberem onde fica cada parafuso.

DSC08471.jpg

Depois aliviei o Stack de forma a conseguir tirar fora a parte superior do forro da coluna de direcção:

DSC08461.jpg

Para o aliviar, basta remover os dois parafusos que o fixam (um de cada lado com uma chave de 10mm):

DSC08462.jpg

Com o Stack solto, já conseguimos remover as tampas plásticas, e para isso basta puxá-las para fora. Podem usar um objecto estreito (tipo faca já muito usada) para ajudar nesta operação. Apesar de haver perfis de alumínio que deixarão de ter uso, o máximo cuidado é necessário, pois um risco feito no alumínio é um risco que terá de ficar lá para sempre. Por isso, todo o cuidado é pouco.

DSC08475.jpg

De seguida fiz o mesmo no outro lado:

DSC08476.jpg

Para se perceber melhor, vista de perfil a peça plástica tem dois rebordos salientes:

DSC08477.jpg

Estes rebordos vão encaixar no perfil de alumínio:

DSC08479.jpg

DSC08481.jpg

Depois removi o rádio (caso queiram remover o rádio e não tenham as ferramentas de origem, mais tarde consegue-se tirá-lo do sítio):

DSC08482.jpg

DSC08484.jpg

Removidas as peças de plásticos, pode-se ver logo mais um conjunto de parafusos que têm de ser retirados:

DSC08485.jpg

São 4 na parte frontal:

DSC08486.jpg

E mais 3 no topo:

DSC08487.jpg

DSC08489.jpg

Um dos parafusos está escondido por detrás dos gráficos da ventilação. Não se ralem, pois já teria de levar um novo:

DSC08491.jpg

Com estes parafusos removidos, ficará tudo solto e a metade superior já pode ser tirada do Elise:

DSC08492.jpg

No entanto o perfil de alumínio, apesar de solto ainda ficará preso, pois o sistema de regulação da ventilação impede-o de sair, assim como a calha inferior, onde foi usado silicone para não haver vibrações:

DSC08493.jpg

A primeira coisa que fiz foi retirar os botões, que basta puxá-los para fora:

DSC08493.jpg

Depois removi o botão que regula a velocidade da ventilação:

DSC08496.jpg

DSC08502.jpg

E depois soltei os cabos de regulação. Os cabos estão fixos com umas molas verdes de metal:

DSC08498.jpg

DSC08499.jpg

Para as desprender temos de empurrá-las para cima metendo o dedo por baixo e puxar para fora:

DSC08506.jpg

Os cabos são manhosos de saírem, pois têm uma dobra que dificulta o processo (esqueci-me de assinalar, mas ambos os cabos terão ser novo):

DSC08508.jpg

Agora sim o perfil de alumínio pode sair do Elise:

DSC08509.jpg

DSC08510.jpg

DSC08511.jpg

Só com o perfil cá fora é que vi que podia ter abordado a sua remoção de outra forma…. Os dois sistemas de regulação estão fixos com 4 porcas e parafusos:

DSC08529.jpg

DSC08530.jpg

Uma vez mais os parafusos estão escondidos por detrás do gráfico da ventilação:

DSC08533.jpg

Se tirarmos primeiros estes parafusos será muito mais fácil desmontar o perfil de alumínio do Elise.

Depois fiz precisamente o mesmo com os perfis do nado direito do volante, atenção aos parafusos escondidos por detrás da película preta:

DSC08527.jpg

Aqui temos de desconectar cada um dos plugs dos botões. Idealmente teremos de desligar a bateria antes de tudo, mas visto que comigo o Elise ainda teve de se deslocar, apenas desliguei a bateria mais tarde:

DSC08528.jpg

Caso o Elise tenha imobilizador, irão reparar que o forro inferior da coluna de direcção irá estar preso por dois fios:

DSC08519.jpg

Agora, com os perfis de alumínio fora do carro, é só desligar o plug desses fios e assim pode-se tirar o forro:

DSC08518.jpg

Ao longo do processo aconelho vivamente tirarem várias fotos a todos os plugs e a todas as cablagens, pois se assim o fizerem será mais fácil na altura de montagem sabermos por onde passavam os fios e onde se liga cada plug. Deixo aqui algumas fotos da cablagem:

DSC08520.jpg

DSC08521.jpg

DSC08522.jpg

DSC08526.jpg

Uma vez mais deixei os respectivos parafusos no sitio onde estavam, mas temos de ter alguma atenção para não nos ferirmos.

DSC08515.jpg

E para já é tudo, mas possa trago-vos mais novidades. :)

Um abraço,

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

Muito bem Miguel!

Eu por acaso adoptei outra técnica quanto aos parafusos. Comprei aqueles sacos da Vileda, com um fecho tipo "zip", que serve para congelar comida.

Agrupei os parafusos por secção e identifiquei todos os sacos.

Vamos a ver se aquilo depois bate certo. question.gif

Curioso que em relação à cablagem do S2, quase todos os fios eléctricos estão devidamente identificados, facilitando imenso o trabalho.

A bateria do teu é tb na mala, do lado esquerdo? Vais mudar para a direita? Já viste onde está o cabo de alimentação, junto do Tablier?

No meu, tenho uma caixa de ligação no tablier, do lado esquerdo que vou ter de passar para a direita. Como o cabo que vai à bateria passa na longarina, acho que será mais fácil deixar a caixa de ligação onde está e fazer apenas uma extensão até ao lado direito do tablier.

keep up the good work!clap.gif

Edited by Nuno Santos
Link to post
Share on other sites

Brilhante, caro Miguel! Um excelente tutorial fotografico que se vai tornar uma referência para o nosso clube. Obrigado por partilhares o teu trabalho e teres a paciência de descrever este processo. Vai servir decerto para atrair mais "devotos"

Rui Pedro Coelho

Link to post
Share on other sites

Bom dia.

Neste meu primeiro dia de actividades pelo TLF não podia deixar de dar um abraço especial ao Miguel, agora que ele iniciou os trabalhos de conversão e restauro do seu Elise.

De certeza que o Miguel, tal como eu, tirará mais gozo nestas operações que propriamente na condução do rasteirinho.

E na hora de começar a artilhar o Elise com upgrades então é que a cabeça nunca mais para de sonhar.

Mas o Miguel escolheu a altura ideal para iniciar os trabalhos.

Nos meses que se seguirem, o bom tempo do Verão e a vontade de desenvolver os trabalhos vai ser um espectáculo.

Ao Miguel um forte abraço e força.

E parabéns pela reportagem - de certeza que vai haver muita gente a querer fazer o mesmo.

Link to post
Share on other sites

Meus caros amigos, :)

muito obrigado pelos vosso simpáticos comentários.

Nuno, essa é outra técnica para se arrumar os parafusos correctamente. :) Em relação à bateria, no caso do S1 ela é colocada à frente, no entanto também tem de mudar de posição, tal e qual como no teu S2. E quanto ao cabo de alimentação, até agora quer-me parecer que ele fica exactamente no mesmo sítio, pois parece-me que tem comprimento suficiente para chegar ao outro lado onde irá ficar a bateria. Terá é de levar um de terra novo.

Rui, e obrigado por teres actualizado o blog. :)

Caro Albino, muito obrigado!!! :) Ainda por cima sendo esta a sua primeira intervenção neste novo espaço. :) O problema de se fazer a conversão neste momento é que numa das melhores alturas do ano o Elise vai ficar inoperacional... :( Por outro lado, os dias são grandes, e nada como chegar a casa de um dia de trabalho e perder mais umas horas com luz do dia para me entreter com ele. :)

Estou em falta tanto consigo como com o João Blatt, pois recebi um e-mail vosso e ainda não consegui responder. :( A ver se hoje vos respondo, mas posso desde já dizer que o Elise do Albino está fantástico!!!! :o Terei que "batalhar" muito no Elise para que ele fique ligeiramente parecido, já nem falo igual, pois a minha base (estado do Elise) não é das melhores.

Aproveito o tópico e aqui vai mais uma actualização. :)

Após ter removido as peças do tablier, voltei-me novamente para o interior. Visto que durante a conversão tem que se passar algum tempo dentro do Elise, e visto o compartimento interior ser muito reduzido, convêm retirar o máximo possível no seu interior. Cada peça removida é um pouco mais de espaço para nos podermos movimentar, espaço esse que pode significar podermos mexer, por exemplo, um simples braço ou ferramenta. A certa altura, numa fase mais avançada que irei colocar mais tarde colocar aqui, tive de remover o volante, pois não havia forma de posicionar correctamente o braço com o volante naquela zona. Para além disso, cada peça que se remove do Elise é menos uma peça que pode sofre danos.

Bom, depois do tablier, desmontei a consola central.

DSC08534.jpg

Para a consola central existem dois parafusos plásticos (que o mais certo é ficarem destruídos) que o fixam ao chassis central:

DSC08536.jpg

Caso o parafuso não queira sair, a solução é uma faca não afiada e pressionar o parafuso a sair:

DSC08538.jpg

Antes de tirar a consola tive de remover a manete das velocidades, que no meu caso foi só desaparafusar. A manete de origem é enroscada e na rosca tem cola, o que dificulta a sua remoção. Nesta situação tem que se arranjar um pedaço grosso de borracha e envolver tanto a manete com o braço das velocidade (para se criar o máximo atrito e ao mesmo tempo proteger) e com a ajuda de um alicate e um alicate de grifos desenroscar:

DSC08540.jpg

Quando se está a retirar a consola, tem de ter em atenção ao fios que ligam o isqueiro, que naturalmente têm de ser desconectados:

DSC08543.jpg

Após removida a consola, chegou a hora de retirar a divisória de alumínio que divide a zona do condutor da zona do passageiro, sendo que esta está fixa com 4 parafusos metálicos, 2 de cada lado:

DSC08544.jpg

DSC08545.jpg

Depois chegou a hora do centro do volante:

DSC08557.jpg

O centro do volante é só puxar para fora:

DSC08559.jpg

E claro, desligamos os plugs da buzina:

DSC08560.jpg

Não sabia que o volante é da Nardi. :)

DSC08561.jpg

DSC08562.jpg

Depois dediquei-me aos dois selectores laterais do volante (mudanças e escova)

DSC08566.jpg

Cada selector está fixo por duas molas:

DSC08568.jpg

DSC08569.jpg

E basta pressioná-los para dentro para o selector deslizar lateralmente:

DSC08570.jpg

Uma vez mais fotografar todas as posições dos plugs é fundamental para uma correcta montagem posterior:

DSC08575.jpg

O interior já está mais espaçoso :D

DSC08576-1.jpg

Depois fui aos bancos!! :) (na realidade não foi bem assim que fiz…. mas é o que aconselho)

Cada banco está fixo ao chão com 4 parafusos, parafusos esses que na altura da conversão terão de mudar de posição (mais tarde falo sobre isso). Como tal é crítico sabermos exactamente onde está originalmente colocado cada parafuso.

Como disse, cada banco está fixo com 4 parafusos, um em cada extremidade dos dois carris por banco. Banco do lado do passageiro:

DSC08622.jpg

DSC08623.jpg

DSC08625.jpg

DSC08627.jpg

O acesso aos parafusos não dos mais fáceis, por isso algum espírito de desenrasque é necessário. Num dos casos só lá vai com uma chave hexagonal exactamente igual a esta:

DSC08628.jpg

No outros casos, teremos tem que se usar várias extensões a fim de conseguir-mos mais facilmente chegar aos parafusos:

DSC08629.jpg

DSC08630.jpg

No banco do lado do passageiro os parafusos são todos iguais (uma vez mais recomendo trocar todos os parafusos caso estejam com ferrugem)

DSC08635.jpg

Depois é remover o banco do lado do condutor, cujo o esquema é exactamente igual, mas neste caso tem que se ter em atenção à localização original dos parafusos:

DSC08868.jpg

DSC08869.jpg

DSC08870.jpg

DSC08871.jpg

DSC08872.jpg

Antes de se tirar o banco do condutor para fora, tem de se desligar os cabos do cinto de segurança (é o que indica no Stack se o cinto está a ser usado ou não):

DSC08873.jpg

DSC08874.jpg

Para se tirar os bancos do carro ainda há uma coisa que obrigatoriamente se tem de fazer e outra que é aconselhável. É aconselhável que se retire o tecto de lona ou hartop, pois irá facilitar a remoção dos bancos, e o que é obrigatório é desmontar o cinto de segurança, ou pelo menos a fixação do cinto ao banco.

Com o banco fora do carro esta operação será mais fácil:

DSC08638.jpg

E é só desaparafusar este parafuso:

DSC08639.jpg

DSC08640.jpg

DSC08876.jpg

Visto que o Elise vai levar uma grande limpeza, desmontei também os cintos de segurança do carro em si. Para tirar os cintos de segurança apenas temos de desaparafusar 2 parafusos. Um aqui:

DSC08646.jpg

Tirar a tampa com cuidado:

DSC08650.jpg

DSC08652.jpg

E outro no enrolador:

DSC08648.jpg

Tem de se desenrolar o cinto para se colocar a chave:

DSC08653.jpg

E para já é tudo. :)

Um abraço,

Link to post
Share on other sites

Olá Miguel.

Percebi pela descrição dos trabalhos que vai mudar o fundo plano do habitáculo. Porquê?

O alumínio está aí muito estragado e oxidado ao ponto de não ter aproveitamento?

Na minha opinião, se a peça de alumínio só tiver oxidação superficial, nunca faria a substituição por uma nova.

Faria apenas a eliminação do oxido e a aplicação de boas tintas de protecção e acabamento final.

Seria sempre uma reparação menos violenta e agressiva por contraponto à alternativa que o Miguel está a considerar, que obriga à extracção desta peça do chassis original.

Atenção que não estou a ver o carro nem a extensão dos danos provocados pela oxidação no chassis do Elise.

Abraço

Link to post
Share on other sites

Viva Albino,

expliquei-me mal. :) Tenho de facto o chão num estado muito mau, onde até buracos já tenho (especialmente no lado do condutor)... :(

O que vou fazer é lixar o máximo possível, aplicar Por-15 cinza e depois por cima vou aplicar o "kit de reparação" da Lotus, juntamente com os tapetes respiráveis. Já comprei estas peças há algum tempo, e basicamente, no que diz respeito ao chão, são somente duas peças de alumínio que vão ser coladas sobre o actual chão (previamente tratado). Se soubesse teria mandado fazer cá, pois aquilo é básico. :)

Mais lá para a frente coloco fotos do chão e respectiva "reparação". :)

Edit: Albino, já agora pergunto-lhe uma coisa que será de extrema importância para mim caso saiba. Nas fotos que recebi de si por e-mail, mais precisamente aquela onde o motor está fora do carro, e onde se vê o apoio da caixa bem amarelinho, esse apoio da caixa é novo ou fo o albino que mandou niquelar novamente? Há peças no Elise que vou ter mandar niquelar novamente e em LX está-se a mostrar muito complicado arranjar quem o faça.

Um grande abraço,

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

Vamos lá estão a mais um update. Desta vez algo com mais "substância" e mais visível, a remoção da clamshell da frente. :)

Idealmente a clam deverá ser removida sem as duas rodas, no entanto, sem uma só roda já se consegue fazer o trabalho perfeitamente.

Bom, antes de tirar a clam do Elise a primeira coisa que fiz foi remover a tampa do compartimento técnico da frente:

DSC08580.jpg

E para a remover basta desaparafusar os três parafusos que lá estão:

DSC08581.jpg

Retirada a tampa, desaparafusei todos os parafusos que seguram a clam no local, no entanto não a retirei logo, pois para já ainda é fisicamente impossível removê-la.

Bom, em relação aos parafuso há vários que seguram a clam. Dois (um em cada lado) por debaixo dos batentes:

DSC08583.jpg

DSC08584.jpg

Mais dois (um de cada lado) junto aos faróis:

DSC08585.jpg

Mais dois (um de cada lado) junto aos espelhos retrovisores:

DSC08586.jpg

Quatro parafusos (dois de cada lado) no interior da ilharga frontal (dois deles apenas se conseguem remover mais facilmente sem as cavas das rodas):

DSC08587.jpg

E por baixo há mais uma serie de parafusos que devem também ser removidos:

DSC08620.jpg

A protecção de alumínio, após terem sido removidos os parafusos, ela ainda está fixa/encostada numa calha lateral, mas sai muito facilmente:

DSC08659.jpg

Tem que se ter em atenção que alguns parafusos da clam têm uma anilha de espuma que evita e amortiza as vibrações na clam. Tem que se ter cuidado, pois se não se reparar elas caiem no chão e depois não sabemos de onde elas são. De qualquer forma aconselho que todas estas anilhas sejam substituídas, pois com os anos já estão muito desgastadas. Na SJ Sports Cars cada uma custa £0.82 e tem como referência - A111U6055F:

DSC08592.jpg

Com a clamshell totalmente solta (mas ainda impossibilitada de ser removida) tratei de tirar as cavas das rodas. Só o facto de se tirar os parafusos da clam, facilita em muito a remoção das cavas.

Para tirar as cavas levantei o Elise, sendo que em primeiro lugar aliviei todas as porcas das jantes, levantei o Elise e só depois tirei as jantes.

Aqui poderá haver um pequeno problema para alguns caso não saibam onde está a chave da porca de segurança. Nesse caso, olhem com muita atenção para a porca de segurança e irão ver uma letrinha muito pequena (com cerca de 1mm), essa letra corresponde ao código da chave de segurança, que pode ser comprada aqui: http://www.eliseparts.com/products/show/76/730/s1-wheel-nut-key/

DSC08660.jpg

Depois das porcas aliviadas, coloquei o macaco no sitio certo (importante: caso o macaco não seja colocado no local correcto, corre-se o risco de deformar o chassis):

DSC08663.jpg

Os autocolantes deveriam ser iguais a este, e podem ser comprados na SJ Sports Cars por £1.14, tendo como referência - A111U0239F:

A111U0239F.jpg?mod=10

Ao se colocar o macaco, deve-se proteger sempre o chassis com um pedaço de borracha ou de madeira ou de cartão, de forma a não se danificar o metal:

DSC08666.jpg

Com as jantes cá fora, temos acesso pleno às cavas, e desaparafusam-se os 4 parafusos que as fixam à clam:

DSC08671.jpg

DSC08667.jpg

No topo da cava do lado do passageiro, estão as caixas de fusíveis, que infelizmente no meu caso já estavam partidas... :( Tem que se desapertá-las em primeiro lugar antes de tirar a cava:

DSC08672.jpg

DSC08673.jpg

DSC08675.jpg

Com as cavas cá fora, está-se a um passo de tirar a clam do carro, mas antes apenas se tem de desligar o plug (que alimenta os faróis) que está no lado do condutor:

DSC08676.jpg

E finalmente temos tudo solto!!! :D

É aconselhável ter-se duas pessoas para remover a clam, mas uma só consegue dar conta do recado. :) A minha forma foi usar os joelhos como suporte e puxei-a para fora como se uma gaveta se tratasse:

DSC08682.jpg

A certa altura, podemos levantá-la e arrumá-la num local muito seguro. Para a "armazenar" deve-se usar cobertores para cobrir a clam (quer no topo quer no chão), pelas razões óbvias:

DSC08684.jpg

Agora uma outra dica dada pelo Albino mas que infelizmente não pude levar a cabo. As portas, a fim de se facilitar o trabalho futuro, aconselha-se que sejam removidas:

DSC08686.jpg

Para se tirar as portas é muito simples, pois está fixa num eixo com apenas com 2 parafusos:

DSC08687.jpg

DSC08689.jpg

DSC08691.jpg

DSC08688.jpg

Infelizmente no meu caso estes parafusos estão aparafusados com uma força brutal. Tão brutal que parti duas chaves... Grrrr Acabei por desistir. :(

Brevemente irei trazer mais relatos desta conversão. :)

Um abraço,

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

Bom dia Miguel.

Se o fundo de aluminio estava com buracos então o melhor seria mesmo remover toda a peça e colocar uma nova no seu lugar, que poderia ser comprada de origem ou mesmo replicada pela velha, pois é uma chapa lisa muito simples de fabricar.

Quanto à pergunta:

Edit: Albino, já agora pergunto-lhe uma coisa que será de extrema importância para mim caso saiba. Nas fotos que recebi de si por e-mail, mais precisamente aquela onde o motor está fora do carro, e onde se vê o apoio da caixa bem amarelinho, esse apoio da caixa é novo ou foi o albino que mandou niquelar novamente? Há peças no Elise que vou ter mandar niquelar novamente e em LX está-se a mostrar muito complicado arranjar quem o faça.

As peças que o Miguel viu nas fotos são tudo peças de origem que mandei tratar numa firma de niquelagem e cromagem de Vila Nova de Famalicão.

As peças originais de fábrica seriam pintadas apenas em preto, que em pouco anos + o ácido estradal UK lhes dá um look verdadeiramente "Titanic".

Podem ser niqueladas em cinza, amarelo e preto, conforme o que se pretender. No meu caso optei por tratar muitas das peças do Elise em amarelo e deixá-las nessa cor sem lhes dar mais nenhum acabamento, para não complicar e dar um aspecto mais agressivo.

Em preto tratei os suportes dos dois bancos, alguns dos componentes dos cintos de segurança e pouco mais, para respeitar o look de origem do Elise.

Segue abaixo alguns exemplos bem ilustrativos deste tipo de restauro/tratamento/rejuvenescimento.

Abraço.

post-12866-0-26186800-1305803428_thumb.j

post-12866-0-40081500-1305803443_thumb.j

post-12866-0-54910500-1305803465_thumb.j

post-12866-0-16678600-1305803486_thumb.j

post-12866-0-37882700-1305803521_thumb.j

post-12866-0-04546700-1305803546_thumb.j

Link to post
Share on other sites

Miguel,

Eu sempre conheci o processo a que chamas de niquelagem, por electrozincagem. Procura por esse nome que és capaz de encontrar quem o faça, ou então vai logo ter com a SLM - Sociedade Lisbonense de Metalização. Fica em Sacavém, Catujal.

São muito profissionais e conseguem resolver o teu problema. Além disso oferecem uma série de serviços: Decapagem, cromagem, electrozincagem, metalização, etc, etc.

Não estou a conseguir ligar ao site deles, mas se procurares nas páginas amarelas consegues ver onde fica.

Link to post
Share on other sites

Viva pessoal. :)

é isso mesmo que precisava. :D Para já irei tratar somente do braços da suspensão e da barra estabilizadora, se bem que os braços vão ter esse processo em que fica amarelo (salvo erro chama-se passivamente amarelo) e a barra terá novamente de ser lacada. :)

Nuno, se essa empresa faz tudo, melhor ainda!!! :) Escuso de andar de um lado para o outro a levar as peças.

Albino, ao ver estas suas novas fotos, vejo que todo o bloco foi limpo exteriormente e ficou com um excelente aspecto. Foi limpo apenas com base em produtos de limpeza? Já agora, de que ano é o seu Elise? Ou melhor, o compartimento da mala já é a caixa de fibra? :)

Um abraço aos dois,

Obrigado pelas vossas dicas,

Miguel

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

Now it's your time to help question.gif

Qual o melhor produto para limpar os espelhos das ópticas?

Dá-me ideia que o meu carro foi polido e a frente estava repleta de um pó branco (parecia o polish já seco). Esse mesmo pó está também nos espelhos dos faróis. Ainda hoje passei com uma flanela, mas aquilo não melhorou muito (ou nada mesmo!!).

A ver se amanhã meto aqui uma foto.

A luz do meu já não é grande coisa, mas com as ópticas sujas dessa maneira é que mesmo mau.

Eu até estava a pensar usar duraglight (acho que é assim que se escreve question.gif) mas tenho medo de estragar os espelhos com um produto muito abrasivo.

O que recomendas? e onde posso comprar?

Aquele abraço.

Link to post
Share on other sites

Diz-me uma coisa, é por dentro ou por fora? Se for por fora o plastic polish da Meguiars é o ideal. :) Take a look: http://store.carcareeurope.com/meguiars-plastx-clear-plastic-cleaner-polish.html

O meu antes de vir para PT também foi polido, no entanto é polimento à mecânico, ou seja, são só fillers e passado umas semanas os defeitos começaram todos a aparecer.

Um abraço,

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

Miguel os meus farois são diferentes dos teus como sabes.

A protecção exterior de acrilico sai fora, e os espelhos e o olho de boi ficam expostos. Ou seja, é mesmo a parte espelhada/cromada (?!) do farol que está baça e com pouco brilho.

SN201253.JPG

Esta foto dá para perceber como são as opticas, embora não dê para ver a sujidade.

Link to post
Share on other sites

Ahhh, já percebi. Receio que não haja solução então... :( O que se passa é que a parte cromada no interior dos faróis é muito sensível, e com o passar dos anos mais sensível fica. O problema é que com o tempo o cromado começa a perder propriedades, e se passares com um pano, mesmo que muito suave, o cromado/espelhado irá ficar com riscos e pode mesmo ficar agarrado ao pano.

Em tempos fiz um teste que até correu bem. Desmontei os faróis do Jag meti um pouco de Super Pop e água destilada lá dentro e agitei muito bem (tapando a entrada da lâmpada). Na altura ficou muito bom, mas nesse teu caso não sei se resulta.

De qualquer forma gostei de ver essa foto!!! :D Como está o andamento da tua conversão?

Um abraço,

Link to post
Share on other sites



×
×
  • Create New...