free hit
counters
A história de um Elise (com conversão em curso) - Page 5 - Topics - The Lotus Forums Jump to content


A história de um Elise (com conversão em curso)


Recommended Posts


Upgrade today to remove Google ads and support TLF.
  • Replies 197
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Olha, bem lembrado!!! :) Com isso lembrei-me que tenho um amigo que tem uma GlassDrive em LX. Boa!!

Um abraço,

Essa cola de pára brisas é das mais resistentes do mundo, e a mais resistente do ramo automóvel

É caso para dizer que se essa não cola, mais nenhuma irá colar

Link to post
Share on other sites

Esta será a primeira etapa oficial da conversão RHD para LHD. Até agora apenas me entretive a desmontar, mas agora sim cheguei praticamente ao ponto de reverter todo o processo (depois só faltará uma dolorosa tarefa, no próximo update explico). :) Yesssss!!!! Está "quase". :D

Bom, como já disse anteriormente, o interior do Elise é assimétrico, quer isto portanto dizer que o lado do condutor é sempre o privilegiado sendo que é este quem tem mais espaço (melhor melhor só se fosse condução central :unworthy::unworthy: ). Assim sendo, tal como acontece com o espelho retrovisor interior, há mais alguns elementos que terão de ser movidos, entre os quais o túnel central onde está o travão de mão e o selector da caixa.

DSC09173.jpg

A primeira coisa que fiz foi desmontar a alavanca da caixa de velocidades, sendo que para isso há dois parafusos que fixam a sua base ao chassis central:

DSC09103.jpg

Além disso, um dos eixos que seleccionam as velocidades tem uma mola de metal, que claro, tem de ser retirada:

DSC09105.jpg

Depois é desencaixar o cabo inferior, e todo aquele corpo do selector fica solto:

DSC09159.jpg

Para mover este chassis/túnel central, tem que se remover uma serie de parafusos e reapertá-lo novamente mas numa nova posição. Aqui não há qualquer preocupação, pois todos os buracos já estão feitos. :)

Na parte de trás temos um caso desses:

DSC09184.jpg

Depois, centralmente mais um, sendo que aqui o buraco no chassis do carro é o mesmo a utilizar:

DSC09180.jpg

DSC09176.jpg

E à frente o mesmo acontece:

DSC09177.jpg

DSC09179.jpg

Só após todos estes parafusos terem saído, é que se tem acesso a um outro parafusos central de difícil acesso:

DSC09187.jpg

DSC09182.jpg

DSC09190.jpg

E depois é só voltar a montar tudo no devido lugar, sendo que os cabos da caixa irão atrapalhar um pouco.

Outra coisa que pode ser logo feita é remover a base da divisória dos pés:

DSC09197.jpg

Tanto a que está no chão como a que está na firewall, onde com um berbequim remove-se o rebite:

DSC09198.jpg

Quatro rebites de alumínio fixam a base ao chão:

DSC09203.jpg

Como ainda não tinha levantado o Elise, usei um formão para cortar as cabeças:

DSC09204.jpg

Depois com uma faca e muita paciência é cortar a cola que está por baixo:

DSC09206.jpg

DSC09208.jpg

DSC09209.jpg

Ainda outra coisa que se pode fazer ao mesmo tempo, é reposicionar o tubo dos travões traseiros:

DSC09227.jpg

Este tubo vai ser mudado para o buraco que há ao lado, pois caso contrário a consola de divisão dos pés não entra:

DSC09251.jpg

DSC09329.jpg

Tarefa que no meu caso foi difícil, pois aquilo estava apertado com uma força bruta:

DSC09330.jpg

A técnica que usei foi colocar chaves dos dois lados e fazer movimentos opostos com os dois braços, mas como sabem o espaço não abunda:

DSC09331.jpg

DSC09332.jpg

Por fim, lá consegui fazer o trabalho:

DSC09333.jpg

E é tudo. :)

Um abraço,

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

Olá Miguel,

Tou a ver que continuas embalado nos trabalhos. Eu devo aproveitar o proximo sábado e, de castigo já que nao vou à Boavista, dar um grande avanço nos carburadores do Elan para ver se o ponho a andar.

Desculpa mas acabo por vir aqui menos vezes do que pretendia e só hoje li a tua resposta. Já pedi ao meu amigo o contacto da casa das Electrozincagens perto de Sintra.

Abraço

Link to post
Share on other sites

Apesar de vir atrasado, deixo aqui os meus parabéns ao Miguel pelo artigo na revista Motor Clássico, só agora tive oportunidade de ler :wallbash:

Está um artigo competente, expondo todos os defeitos do Elise sem medo, porque afinal é um automóvel e como tal tem de ter defeitos, senão teria outro nome qualquer

Sinceramente deu-me bastante vontade de ir já buscar um Elise, mas vou aguentando um pouco mais porque ainda me faltam uns milhares para o que eu realmente quero

Já agora, diferenças na conversão de RHD para LHD, de S1 para S2 existem diferenças? Talvez o Nuno Santos possa dar uma ajuda?

Edited by BigDaddy
Link to post
Share on other sites

Apesar de vir atrasado, deixo aqui os meus parabéns ao Miguel pelo artigo na revista Motor Clássico, só agora tive oportunidade de ler :wallbash:

Está um artigo competente, expondo todos os defeitos do Elise sem medo, porque afinal é um automóvel e como tal tem de ter defeitos, senão teria outro nome qualquer

Sinceramente deu-me bastante vontade de ir já buscar um Elise, mas vou aguentando um pouco mais porque ainda me faltam uns milhares para o que eu realmente quero

Já agora, diferenças na conversão de RHD para LHD, de S1 para S2 existem diferenças? Talvez o Nuno Santos possa dar uma ajuda?

As principais diferenças são nas peças do tablier.

Nos S2 tens de alterar o top facia (topo do talier que é forrado a alcantra), pois os LHD são o "espelho" dos RHD.

Os perfis de alumínio também são diferentes. Apesar de serem o mesmo perfil (extrudido com as mesmas matrizes) a maquinagem dos perfis, para acomodar as grelhas de ventilação, os comandos da sofagem, o rádio, etc, difere de carro para carro e consoante os extras instalados (por ex. AC).

Também as peças da sofagem podem ser diferentes. Como indicado pelo Albino neste post os S2 usam uma sofagem comandada electricamente, enquanto que os S1 é comandada por cabos.

Nos S2 também tens de substituir as forras de plástico laterais, onde se encontram as colunas da frente e comandos das luzes.

De resto, em termos mecânicos, as alterações são idênticas aos S1, ou seja, caixa de direcção, coluna de direcção, pedaleira, circuito de travagem, etc.

Para quem quiser pensar em converter um S2 o meu conselho é comprar todas as peças antes de começar a desmontar o carro. Em virtude dos novos modelos MY11 terem um tablier idêntico aos Elise Federal, muitas peças deixaram de ser fabricadas pela Lotus e a sua compra pode ser muito complicada e demorada.

Segundo o meu fornecedor (Steve da SJSportcars) o top facia já não é fabricado em LHD, o que nos obriga a alterar o nosso RHD (processo bastante complicado!!! eu que o diga!)

Os perfis de alumínio são outra dor de cabeça. Eu tive a sorte de encontrar esses perfis em stock na Sportcars, mas sei de quem teve de esperar mais de 6 meses pelas peças.

Para terem uma ideia, parei o meu carro dia 3 de Abril, e neste momento, falta:

- Terminar alteração do Top facia

- Forrar top facia

- Sangrar circuito travagem + embraiagem

- montar calha banco passageiro

- montar front clam

Vamos a ver quanto tempo mais vai ficar no estaleiro...

Nesta fase da conversão já começo a pensar que eventualmente será mais sensato comprar um Elise LHD em vez de o converter!

Link to post
Share on other sites

Nuno,

Uma curiosidade, como estás a alterar o tablier? Pediste a alguém do negócio da fibra para "tapar um buraco e abrir outro"?

Tens algum especialista a ajudar-te nesta tarefa? E a operação de forrar, como vais tratar disso?

Abraço!

Rui Pedro Coelho

Link to post
Share on other sites

Rui, embora o Nuno vá responder com mais pormenor, o que tens de fazer é cortar a secção onde está o volante e cortar também a secção onde irá ficar o volante, e depois é "colar" e reforçar as duas peças que cortaste já nos respectivos novos lugares. Olha este tópico:

http://forums.seloc.org/viewthread.php?tid=294622

Um abraço,

Link to post
Share on other sites

Nuno,

Uma curiosidade, como estás a alterar o tablier? Pediste a alguém do negócio da fibra para "tapar um buraco e abrir outro"?

Tens algum especialista a ajudar-te nesta tarefa? E a operação de forrar, como vais tratar disso?

Abraço!

Rui, embora o Nuno vá responder com mais pormenor, o que tens de fazer é cortar a secção onde está o volante e cortar também a secção onde irá ficar o volante, e depois é "colar" e reforçar as duas peças que cortaste já nos respectivos novos lugares. Olha este tópico:

http://forums.seloc.....php?tid=294622

Um abraço,

Então vamos lá por partes.

Rui,

O "especialista" sou mesmo eu! Espero que não fique uma ca**da!

O Ricardo Mendes também está a dar uma ajuda, aliás como em todo o processo de conversão.

Ainda não tenho certeza qual o material do tablier. Se Poliuretano (PU) ou se poliestileno extrudido (XPS), mas vou mais para a 2ª opção. Em termos de densidade, resistência e aspecto é bastante parecido com aquelas placas de isolamento usada na construção civil (roofmate).

O que fiz foi o seguinte:

- Cortar o rebordo elevado em redor do quadrante;

- fiz um molde em papel do buraco que ficou no tablier;

- Passei o molde para o lado esquerdo e marquei o novo local do quadrante;

- Cortei o buraco no novo local do quadrante;

- Cortei as "pontas" que fazem o contorno do radio/comandos da sofagem;

Ainda estou a pesquisar qual o melhor material para colar, encher e refazer as partes que são necessárias. Já cheguei à conclusão que deve ser uma espuma de poliuretano com a maior densidade possível, com a maior estabilidade dimensional, pois não queremos que com a humidade o tablier comece a inchar.

O produto que tinha em mente era uma espuma de poliuretano da Soudal, a Soudafoam SMX. O problema é que o importador não importa esta gama de produtos para Portugal e para o fazer, só em grande quantidades. Dadas as circunstâncias, devo usar uma espuma vulgar com a maior estabilidade dimensional que encontrar.

Para rematar e fazer o acabamento vou utilizar uma resina usada para fibrar. Nas lojas de bricolage existem bisnagas com este tipo de material..

Depois de tudo colado, refeito e lixado, segue para o estofador, que no meu caso é um amigo meu.

A alcantra comprei eu numa casa da especialidade (em Gaia) e preparem-se para largar a peseta!! por 1,40 x 0,80 m de alcantra paguei 80 €.

A cor mais aproximada é a da Audi e a alcantra já vem com uma camada de espuma de 2 ou 3 mm colada, o que facilita o trabalho do estofador.

Miguel,

Depois de ter o tablier cortado percebi de um pormenor. O tablier não é plano. O centro, por cima da sofagem é mais alto que as extremidades. Como deves imaginar surge um problema de alinhamentos quando tentamos encaixar o pedaço cortado à esquerda no buraco da direita, pois tem um "declive" totalmente ao contrário.

É preciso encher e disfarçar muito bem as zonas coladas. Além disso tens as partes salientes em baixo que fazem o contorno do radio/sofagem que têm que ser cortadas e feitas de raiz.

Outra coisa que é preciso fazer é arrancar as chapas que estão dentro da espuma do tablier, onde aperta o friso plástico, os apoios às peças de alumínio da frente e o apoio posterior do quadrante. Essas chapas devem ser novamente coladas quando o tablier estiver concluído.

algumas fotos para uma melhor precepção da "dor de cabeça"

SN200211.JPG

SN200213.JPG

SN200216.JPG

SN200217.JPG

SN200218.JPG

Edited by Nuno Santos
Link to post
Share on other sites

Pois bem, chegou a hora de atacar a suspensão do Elise, coisa que se estivéssemos a falar puramente da conversão, não seria necessário. Inicialmente optei por abordar o assunto de uma forma, mas tive de desistir, como tal arranjei outra estratégia.

DSC09349-1.jpg

Antes de tudo removi os painéis traseiros inferiores, sendo que para isso comecei por tirar o difusor traseiro, que está fixo com uma serie de parafusos (removi primeiro todos os que estavam no perímetro e só no final os dois interiores):

DSC09341.jpg

DSC09345.jpg

Depois retirei o painel inferior central (primeiros os parafusos laterais e só depois os dois interiores):

DSC09346.jpg

Além dos parafusos, ele está encaixado nesta calha lateral. É importante remover os painéis, pois para se pousar o carro sobre macacos estas peças não podem lá estar.

DSC09347.jpg

E agora todo o material que usei para subir o Elise, tarefa essa que é preciso o máximo de cuidado, pois caso contrário podemos criar danos graves à estrutura/chassis e mandar um chassis para o lixo…. O que precisei foi de esferovite de alta densidade, quatro preguiças, quatro placas de madeira para estarem debaixo de cada preguiça, uma placa maior onde o macaco iria mover-se (tenho o chão em calçada, o que dificulta o macaco mover-se livremente), e 8 tijolos, sendo que na realidade só seriam necessários 4 tijolos:

DSC09337.jpg

Ok, posto isto levantei o Elise de um só lado (ver link mais à frente sobre as indicações da Lotus sobre os pontos de contacto – muito importante):

DSC09350.jpg

DSC09351.jpg

E coloquei tijolos por baixo dos dois pneus desse lado:

DSC09352.jpg

Depois fui ao outro lado e fiz a mesma coisa:

DSC09354.jpg

DSC09355.jpg

Removi as rodas de um dos lados e posicionei as preguiças nos pontos que a Lotus aconselha (ver o seguinte link: http://wiki.seloc.org/a/Jacking_points):

DSC09356.jpg

DSC09358.jpg

E depois o mesmo para o outro lado:

DSC09360.jpg

Isto foi assustador:

DSC09361.jpg

DSC09372.jpg

Foi tão assustador, que acabei por voltar atrás. Em condições normais, ou seja, numa garagem 100% plana não haveria problema algum, mas neste caso, além de ter o chão irregular tenho inclinação lateral, pelo que o Elise ficava algo instável, pelo que montei novamente as rodas de trás.

Bom, e agora é começar a desmontar toda a suspensão da frente. :D

Comecei pela barra estabilizadora, desaparafusando os respectivos tirantes laterais:

DSC09362.jpg

E depois os dois apoios centrais:

DSC09367.jpg

Os apoios estão fixos com dois parafusos:

DSC09366.jpg

DSC09369.jpg

DSC09370.jpg

Depois foram os amortecedores em si, estando estes presos apenas por um parafuso no topo e outro na parte inferior, no braço de suspensão inferior:

DSC09374.jpg

DSC09375.jpg

DSC09377.jpg

DSC09379.jpg

Até aqui tudo tranquilo, mas depois a dificuldade adensou-se, e a batalha contra a oxidação começou.... é que a oxidação "cola" tudo o que são peças, por isso muito WD40 e paciência são necessários.

Tratei logo de remover os suportes superiores dos amortecedores:

DSC09380.jpg

DSC09382.jpg

Depois foram as maxilas dos travões:

DSC09395.jpg

Para as remover, temos de desaparafusar os dois parafusos laterais:

DSC09396.jpg

O disco fica logo solto, pelo que também se pode remover:

DSC09399.jpg

(continua dentro de horas, pois ultrapassei o limite de fotos por post neste tópico)

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

Obrigado Nuno. eh eh eh eh

(continuação)

Depois comecei a tentar tirar a ball joint superior:

DSC09386.jpg

Mas aqui houve um grande problema, pois o "espigão" começou a rodar livremente, impedindo que conseguisse separá-lo do cubo da roda:

DSC09400.jpg

Outra solução não tive, se não mesmo serrá-lo:

DSC09401.jpg

DSC09406.jpg

E finalmente lá libertei a ball joint:

DSC09407.jpg

Agora sim, podia dedicar-me ao braço de suspensão superior:

DSC09409.jpg

Este braço está fixo com dois parafusos, um em cada eixo de ligação ao chassis:

DSC09410-1.jpg

DSC09412.jpg

Já fora do Elise:

DSC09413.jpg

DSC09414.jpg

E agora outro problema, o tirar as pontas da caixa de direcção:

DSC09386.jpg

Tirar a porca foi muito fácil, mas separá-lo do braço de apoio foi uma tarefa impossível com as ferramentas que dispunha (não, não ia com martelo):

DSC09422.jpg

A solução foi desmontar o braço de ligação, e assim soltar todo o conjunto e removê-lo do Elise por inteiro:

DSC09424.jpg

Posto isto podia remover os braços inferiores que, há semelhança dos superiores, há dois parafusos, um em cada eixo:

DSC09431.jpg

DSC09432.jpg

Para fazer força oposta, a cabeça do parafuso está no interior do Elise, junto ao chão:

DSC09433.jpg

O braço já solto do cubo:

DSC09435.jpg

Aproveitei e desaparafusei também a caixa de direcção (que fica inutilizada), e para isso há 4 parafusos que tÊm de ser desaparafusados:

DSC09428.jpg

Bom, um dos problemas da barulheira que tinha na suspensão, vim nesta altura a saber que em parte era da caixa de direcção. A caixa de direcção do Elise, com devem saber, é uma caixa de direcção importada directamente da competição da Titan, e além de originalmente ter sido pensada para monolugares, a sua durabilidade não era um ponto importante, visto o destino ser competição “pura e dura”. Pois bem, por esses motivos e mais alguns esta caixa têm uma esperança de vida que ronda os 80.000/100.000km, e foi esse o meu caso. Não tinha folgas na direcção em sim (estranho!) mas tinha nas rótulas, o que provocava um barulho desagradável e sentia-se no volante.

Adiante. :) Visto que não conseguia tirar as ponteiras de direcção e as ball joint do outro lado não saiam por nada, como referi, não tive outra solução se não mesmo remover todo o conjunto de uma só vez:

DSC09436.jpg

DSC09437.jpg

DSC09438.jpg

Finalmente, muitas horas depois tinha tudo fora do Elise:

DSC09444.jpg

E pronto, agora é só montar tudo novamente pela ordem inversa. Eh eh eh eh eh Quero com isto dizer que, aqui está o ponto de viragem da conversão do Elise. A partir de agora vai começar finalmente a ganhar forma e com o volante no lugar certo!!! :)

Até breve,

Um abraço,

Miguel

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

Miguel,

Não é demais enaltecer o brilhante trabalho que estás aqui a fazer, tanto no restauro do teu carro, como na descriminação minuciosa neste relato e que tanto enriquece este forum e a parte técnica do nosso clube.

Obrigado, obrigado, obrigado!

Por curiosidade, quantas paletes de WD40 já gastaste até agora? :)

Abraço, bom feriado à volta do Elise!

Rui Pedro Coelho

Link to post
Share on other sites

Boa noite Miguel e Nuno.

Está a ser uma delicia relembrar todas as operações descritas pelo Miguel neste tópico.

Foi excelente a ideia de utilizar os tijolos na altura de levantar o Elise.

É melhor do que a solução que inicialmente lhe tinha sugerido - tem mais segurança.

É pena o chão não ser 100% nivelado pois complica muito a estabilização do chassis nas preguiças.

A oxidação do ferro tem dessas coisas - porcas e parafusos parece que soldam - só mesmo o WD40 para ajudar, muita força e algumas vezes a serra (ou a rebarbadeira até).

Quanto às rótulas de direcção e suspensão o melhor é o Miguel comprar um saca rótulas.

Gasta-se alguns € mas é sempre uma ferramenta que fica pela vida fora.

Com as chaves para desapertar as pinças dos travões e os elementos da suspenção ao cubo da roda, o Miguel não consegue agora desapertar os parafusos e remover as portas do carro?

Nesta fase descomplicava muito nos trabalhos que se seguem.

Daqui para a frente é só restaurar componentes e voltar a montar tudo de novo, pelo que a luz ao fundo do tunel está perto.

Atenção aos calibres de afinação de caster e de camber das suspenções - o Miguel tome nota desses calibres e das suas posições relativas para mais tarde voltar a montar tudo de forma idêntica ou com conhecimento dos passos a fazer caso pretenda alterar estes acertos.

Quanto ao Nuno e ao seu desabafo:

"Nesta fase da conversão já começo a pensar que eventualmente será mais censato comprar um Elise LHD em vez de o converter!"

Creio que é como a história da publicidade: Podia comprar um Elise LHD? Sim, podia. Mas não era a mesma coisa.

O eventual desanimo do Nuno é mais devido ao atraso no fornecimento das peças que complica muito o avanço das conversões.

Comigo passou-se a mesma coisa e houve alguns componente que demoraram mais de 3 meses e serem entregues.

O trabalho da conversão embora não pareça e muito, mas o que se aprende na sua realização é que é gratificante e nos vai ajudar enquanto proprietários destas pequenas maravilhas.

Posso garantir a ambos que, no fim de tudo, depois dos Lotus estarem 100% concluidos e operacionais, a sensação de nada ter que fazer é que custa.

Um abraço e força para ambos.

Link to post
Share on other sites

Rui, não fosse o Club e tu, ainda hoje não teria o meu primeiro Lotus. Por isso, tudo o que faça aqui para ajudar o Club e sócios, será sempre pouco. :) Em relação ao WD40, por acaso ainda não gastei muito, até agora foram duas embalagem, sendo que a segunda está a chegar ao fim. Existe sim é um outro produto que lá lá vão várias litradas. :D Ainda não digo o que é (no próximo update já o digo), mas é uma espécie de "milagre" da química. eh eh eh

Albino, fico contente por saber que de certa forma este tópico e respectivo trabalho lhe faz reviver a aventura que teve com o seu (acredite que para mim o seu trabalho foi uma inspiração) ainda cheguei a ponderar colocar as resmas de papel por baixo (aí teriam de ser no mínimo duas por cada pneu), mas porque as remas de papel não têm muito atrito, fiquei com receio que começasse a deslizar. Para além que cada tijolo custa 36 cêntimos. :P

Acabei mesmo por comprar comprar o saca rótulas da Elise Parts, pois de outra forma era-me de todo impossível separar as peças. E acredite, mesmo assim foi complicado. Fazia uma força tremenda no parafuso do saca rótulas e aquilo não descolava, até que dá um estalo enorme e lá se separam as peças. No próximo update faço também uma referência a essa tarefa. :)

Nuno, estou integralmente com o Albino no seu comentário. No final vais ver que valeu a pena e terás sempre uma história para contar. :) A fase da espera das peças no meu caso já é passado, pois como sabes desde que comprei o carro (em Outubro) que comecei logo a tratar da compra de todas as peças e mais algumas. As últimas que chegaram e que eram muito importantes (peças do tablier) só chegaram há coisa de 2 meses, e esta semana farei a última encomenda para o capítulo da conversão, sendo pequenas peças que entretanto identifiquei com estando em mau estado (a partir de agora finalmente a conta bancária vai voltar a engordar.... :hrhr: para mais tarde voltar a torrar em outros upgrades nele Grrrrrrr vicio!!!!). O meu maior drama é mesmo a oxidação no alumínio, onde não há volta a dar. Deves imaginar como custa estares a montar uma peça nova, e há volta há montes de pontos de oxidação no alumínio, estragando um pouco o aspecto geral. Mas olha, terei de viver com isso (apesar de não me conformar...) sem nunca me esquecer que o Elise não é novo e que já foi algo mal tratado no passado, tendo-se reflectido no valor de compra.

Um abraço a todos,

Link to post
Share on other sites

Ainda não desanimei de todo o processo, mas quando olho para a pequena tabela de excel onde anoto tudo o que compro e gasto com o carro, dá-me uma pequena dor na algibeira quando reparo que o total já marca 11000 €!

Também tenho consciência que nesta listagem estão algumas coisas que seriam "desnecessárias" com é o caso do hardtop, jantes do exige, front splitter, etc, etc.

É só por isso que digo que se calhar é preferível comprar um LHD original.

Outro factor negativo são os quase 3 meses que tenho o carro parado. Mas acredito que com o que falta fazer, no próximo fim de semana já vai sair à rua. (so i hope!)

Mas de volta ao teu carro, Miguel.

Estranha-me uma situação. Se é inevitável constatar a oxidação do alumínio no teu carro, é com grande espanto que vejo que a tua suspensão está com muito melhor aspecto e muito menos oxidação, comparativamente ao meu (antes de eu a pintar).

Quando desmontei a minha suspensão as rótulas saíram bem, mas a toque de martelo! houve uma que também rodou. Salvo erro, se tirares os guarda pós (borrachas que tapam a rótula) encontras uma parte do espigão onde dá para encaixar uma chave de bocas.

Também chamou-me a atenção como conseguiste tirar a barra estabilizadora (os seus apoios) sem tirar os braços inferiores. Quando montei a suspensão, montei os braços primeiro que a barra e lembro-me que tive muita dificuldade em apertar os parafusos dos apoios com o torque certo.

Outra dica que te dou é com os parafusos que aperta a cx de direcção. Deves ter tido alguma dificuldade em encaixar a chave 17 no parafuso de cima, certo?

No meu caso, tive de rectificar a chave de caixa.

Troquei por parafusos umbraco (sextavado interior). São bastante mais práticos e funcionais em termos facilidade de aperto.

E o produto milagroso? É liquido de limpeza de travões?

Eu já tinha uma embalagem de 4 lt de WD40, que trás um borrifador, que usava na moto4. Depois de a lavar, borrifava toda a mota para proteger, lubrificar e principalmente não oxidar. Além de ficar mais barato, gastamos menos para obter o mesmo resultado. E para limpar óleo e sujidade também é do melhor.

Link to post
Share on other sites

Nuno, eu bem que andei às marteladas no espigão (de baixo para cima) e nada.... De tal forma que a certa altura reparei que um dos espigões começou a ficar torto, e aí parei. Acabei por dar conta do recado com o tal saca rótulas. Quanto aos braços em si, também me confesso espantado por eles estarem num estado razoável, em algumas zonas ainda se vê o amarelado da zincagem. :)

Na volta deve haver alguma alteração no chassis do S1 para o S2, pois tirar a barra estabilizadora foi-me muito fácil (tipo 5/10 minutos), foi só mesmo tirar os parafusos dos apoios e dos tirantes e ficou logo solta.

Outro local onde não tive problema foi mesmo na caixa de direcção. eh eh eh Bom, primeiro que percebesse que o parafuso de cima era maior do que o de baixo... A chave de 17 não cabia em baixo, e só depois é que me apercebi que o de baixo era um parafuso de 13mm (estava a removê-los pelos dois buracos do chassis, e não dentro do carro, logo não os via directamente). A única coisa que tive de fazer foi remover as protecções de borracha para que a chave de 17 entrasse perfeitamente e sem atrito. Já comprei também dois metros dessa borracha para substituir onde é preciso.

Nop, não é líquido de travões, é algo bem mais acessível e...barato, mas que tem um resultadão do caraças. :D :D :D

Quanto às despesas, é por essas e por outras que não quero fazer contas. Mas posso dizer que a loja onde mais compro é na SJ Sports Cars (todas as peças Lotus é só lá que compro, são os mais baratos) e mesmo assim já cheguei aos 3% de desconto na Elise Parts.... Medo.... Isto sem contar com a Elise Shop, onde aí compro muito pouco. Bom, mas sinceramente estou naquela: "que se lixe". Não tenho filhos e nem sou casado, por isso não tenho grandes responsabilidades e posso exagerar em algumas coisas. :P Como diz um amigo meu (que tem uma serie de carros escondidos da mulher metidos numa garagem, que ela também desconhece... lol isto é delicioso!!!): "os automóveis é a arte de alegremente empobrecer". Ou como diria a minha avó noutras situações: isto é "ir de coche para o Inferno". eh eh eh

Um abraço,

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Visto que cheguei a meio do processo de conversão, ou seja, o último update marcou o ponto de viragem para agora sim começar a ser um Lotus Elise LHD, talvez seja então boa ideia falar um pouco sobre as peças que são necessárias.

Apesar de não ser meu hábito e ao contrário do que sempre fiz no diário do Jag (para quem conhece no detalhe.net), vou aqui falar dos preços de aquisição de peças (tal como fiz no post dos faróis), isto porque, estando nós inseridos no Club Lotus, e havendo por aqui alguns membros/sócios interessados na conversão do Elise, poderá ser muito útil para se ter uma ideia do que está em questão.

Existe um kit de conversão vendido pelo Yvo da Elise Shop que poderá ser um ponto de partida, se bem que não optei por esse kit, mas sim comprar todas as peças isoladamente. Na altura em que “fui às compras”, o Yvo não vendia a caixa de direcção quick rack, e isso para mim era um importante upgrade a fazer. Para além do mais, havia/há uma serie de peças que não estão na lista, assim como outras que não são bem de origem mas sim um “improviso”.

Bom, o kit da Elise Shop custa com IVA e portes de envio para PT (a loja está sediada na Holanda) 1716€ e consiste nas seguintes peças:

1 x Brake Pipe 205mm(B111J0065F)

1 x Brake Pipe 674mm(A111J0088F)

1 x Brake Pipe - RHS Front LHD (Elise, Exige, 340R)(A111J0064F)

1 x Battery Cable VE front LHD (Elise S1, Exige S1)(A111M0015F)

1 x Hurricane Steering Rack (Elise, Exige, 340R, Speedster)(SRTO)

1 x Hurricane Heater Outlet Hose LHD (Elise S1)(HHOS1EP)

1 x Hurricane Hose-Heater Inlet LHD(HHOS2EP)

1 x Hurricane LHD Heaterkit (Elise S1)(ES1HKDC)

1 x Cable-Splitter LHD(B111P0050F)

1 x Cable-Hot/Cold LHD(A111P0051F)

1 x Cover-Wiper Motor LHD(A120B0134F)

1 x Wiper Motor Assy-LHD(A117M0103S)

1 x Dash Panel-Centre-Passenger LHD (Elise S1, Exige S1)(B111U0111F)

1 x Hurricane Dash panel Upper LHD (Elise S1, Exige S1)(111U0419)

1 x Facia Decal-Elise(A111U0227F)

1 x Dashpanel-Upper Driver LHD(A111U0417K)

1 x Hurricane Brushed Heater panel (Elise S1, Exige S1)(EHP)

1 x Hurricane Relay Lever Base Plate LHD (Elise S1, S2 K-series)(RBPLHRE)

1 x Throttle Spring Link LHD (Elise S1, S2 K-series)(A111J0097F)

1 x Driver Footrest (LHD)(A111A0104F)

1 x Footrest Assy-Passanger LHD(B111A0102J)

1 x Hurricane Driver Seat Runner conversion kit RHD > LHD(ESSBC)

1 x Seat Mouting-Passenger LHD(C111V0014F)

1 x Dash Panel Middle drivers side short LHD (Elise S1, Exige S1)(ES111U0109)

No entanto, e tal como já referi, optei por não comprar o kit, e comprei quase tudo ao Steve da SJ Sports Cars, pois, além de um desconto ainda me ofereceu os portes de envio, o que foi bem simpático da parte dele. Para ser honesto a conta até ultrapassou bastante o valor do kit, pois pus-me a comprar uma serie de coisas que achei que deveriam ser mudadas. Apesar disso, julgo que no geral compensou. No fundo é fazerem bem as contas antes de comprarem as peças.

Bom, quanto às peças em si, vou apresentá-las com uma divisão das respectivas. Vou mostrar nesta primeira fase todas as peças que são obrigatórias para o bom funcionamento enquanto LHD, e daqui a uns dias as peças que eu recomendo vivamente que sejam substituídas, e outra que, caso haja algumas sobras de €, podem também substituir. No entanto, no desenrolar do processo vão constatar que outras peças terão de ser substituídas. Essas peças podem variar de carro para carro, pelo que apenas irei falar das respectivas no desenrolar deste tópico da conversão.

Já agora, é importante referir que a “montra” que irei colocar reflecte somente a minha opinião, não tendo que ser levada como certa, mas foi a forma que achei mais correcta, ver como complemento de ajuda.

Bom, ora vamos lá então ao que interessa, as peças que acho como sendo fundamentais para a conversão, saliento que os preços que irei referir são já todos com o actual IVA/VAT do UK, de 20%, pelo que se terá depois de juntar os portes de envio para PT.

Uma das peças que qualquer pessoa se lembra logo à partida é claro a caixa de direcção. Dois tipos de caixa de direcção LHD podem ser compradas, a standart ou a quick rack, sendo esta última uma caixa de direcção mais curta/precisa, mas por outro lado mais pesada quando o Elise está parado. Na caixa de direcção standart, são necessárias 2.8 voltas ao volante (lock-to-lock), o que é um valor relativamente frequente apesar de já ser uma direcção muito precisa, já na quick rack são necessárias apenas 2.4 voltas ao volante. Pode parecer pouco menos, mas a diferença é extremamente significativa. Para se ter uma ideia, num BMW E90 são necessárias 3.0 voltas (2.6 no M3), num C Classe AMG são 3.0 voltas, num Ferrari 360/Modena 2.7 voltas, e por aí fora. Ou seja, é super precisa e ainda há mais reduzidas, no entanto só é prático para Elises de track days.

A SJ Sports Cars vende a quick rack por pouco mais de 400€, e é um preço já bem mais abaixo que a concorrência, pois pela mesma caixa a Elise Parts pede 565€. Se optarem por uma caixa standart, então na Elise Parts podem comprá-la por 530€. Como já disse, fui para a quick rack (e obrigado ao Nuno, pois se não fosse ele teria gasto mais 165€…)

DSC08136.jpg

Outra peça importante é a consola central onde está o selector da caixa de velocidades. Esta peça subiu consideravelmente de preço, e passou dos anteriores 80€ para 270€ há coisa de 2 meses….

Consola S1 A111U0209J – 270€

A111U0209J_LRG.jpg

Ainda tinha tido a opção de a ter comprado pelo preço antigo, mas já tinha optado por um outro look interior, pois vou colocar a consola central do Elise S2 (primeiras versões):

Consola S2 B117U0061F – 85€ na Sj Sports Cars

DSC08255.jpg

Acho que com a consola da mesma cor do alumínio, irá conferir outro aspecto (para melhor). Assim o desejo pelo menos...

DSC08256.jpg

Em termos gerais, a consola tem de ser mudada porque o local onde entra o túnel central da divisão dos pés e posicionado 5.0cm ao lado. Ou seja, a consola dos RHD são o espelho da seguinte imagem:

DSC08257.jpg

Os bancos, continuam a ser os mesmos, mas a sua estrutura de fixação tem de ser mudada. No caso do banco do passageiro tem de ser integralmente nova, mas no banco do condutor basta mudar apenas os apoios laterais.

Estrutura do banco do passageiro C111V0014F – 82€ na SJ Sports Cars

DSC08140.jpg

DSC08141.jpg

Apoios laterais do condutor – 28€ na Elise Parts, ou então toda a estrutura C111V0011J na SJ Sports Cars por 198€

DSC08144.jpg

DSC08145.jpg

O apoio do pés do lado do passageiro, terá outro desenho, sendo que o antigo não vai encaixar no novo local.

Apoio do pés do passageiro B111A0102J – 50.33€ na SJ Sports Cars

DSC08151.jpg

No tablier, toda a parte superior é a mesma, mas a parte frontal terá de ser nova. Aqui iremos ter um grande problema…. Apesar de ter feito toda a encomenda em Novembro do Ano passado e ter recebido quase tudo pouco tempo depois, até há dois meses atrás as peças do tablier ainda não estavam em stock na Lotus, até que decidi enviar um e-mail para a Lotus UK a fim de saber qual a previsão da entrega das respectivas. E aqui fica a resposta deles:

Dear Mr Oliveira,

Unfortunately, Lotus is no longer in a position to be able to supply these particular parts as they are considered ‘obsolete’. The tooling no longer exists and it is not commercially viable to re-tool for the low demand for these parts.

We are sorry but to enable your conversion, we can only advise you to contact other users on the Lotus Forums to see if they can assist, perhaps with good parts off a ‘scrap’ or crashed car.

Again, our apologies that we cannot be of further assistance.

Regards,

image001.jpg

Neil E. S. Turner

Customer Services, Warranty

& Technical Manager

LOTUS CARS LIMITED

Potash Lane, Hethel, Norwich, Norfolk, NR14 8EZ, England

Bom, assim sendo outras alternativas tive de encontrar, sendo que tanto a Elise Shop como a Elise Parts vendem réplicas das mesmas. O maior problema é que já tinha pago tudo em Novembro…. O Steve da SJ, amável e responsável como sempre o é, comprou então estas peças directamente à Elise Shop, apesar de ser um concorrente directo. Aqui se vê o profissionalismo deste tipo de empresas.

As peças do tablier necessárias são:

Chassis frontal lado do passageiro B111U0111F – 93.32€ na Elise Shop

DSC09039.jpg

Chassis frontal lado do condutor ES111U0109 – 60.73€ na Elise Shop

DSC09030.jpg

Remate de topo do lado do passageiro A111U0419K – 221.24€ na Elise Shop

DSC09040.jpg

Remate de topo do lado do condutor A111U0417K – 38.37€ na Elise Shop

DSC09034.jpg

Depois, os cabos de regulação da ventilação terão também outras dimensões.

Cabo de regulação da temperatura A111P0051F/ Cabo de escolha de direcção B111P0050F – 20€ na Sj Sports Cars e 23.62€ na Sj Sports Cars (respectivamente)

DSC08157.jpg

Não é que seja essencial para o seu funcionamento, mas o gráfico da ventilação, terá de ser novo.

Gráfico da ventilação A111P0011F – 33.19€ na Sj Sports Cars

DSC08155.jpg

Ainda quanto à ventilação, todo o sistema terá de ser novo. Ora a Elise Shop criou uma réplica de todo o sistema, apesar de não ser uma referência na qualidade de acabamento (as peças da Lotus já por si também não são, sejamos francos) faz-nos poupar largas centenas de Euros, pelo que claramente recomendo este kit da Elise Shop.

Kit de ventilação ES1HKDC – 232.05€ na Elise Shop

DSC08163.jpg

E para terminar este capítulo da ventilação, os tubos que ligam o heater matrix à refrigeração geral terão de ter outra configuração. Ambos os tubos aconselho que se comprem na Elise Shop, pois são reforçados e com uma poupança de cerca de 70€

Tubos de refrigeração A111P0057F e A111P0055F – 29.63€ e 27.25€ na Elise Shop (respectivamente)

DSC08606.jpg

Outra peça no interior que necessita de substituição é a placa de comando do cabo do acelerador, que terá um desenho invertido em relação aos modelos RHD. Uma vez mais esta peça pode ser adquirida numa das lojas dos Lotus, onde se poupar alguns trocos e temos uma peça 100% igual e neste caso com melhor qualidade.

Placa de comando do acelerador D111J0047F – 18.33€ na Elise Parts

DSC08146.jpg

Na parte do acelerador, outra pequena peça é necessária, que basicamente é uma espécie de esticador.

Ligação da mola do acelerador ao chassis A111J0097F – 3€ na Sj Sports Cars

DSC08160.jpg

O cabo de bateria terá de ter outra dimensão, e se eu soubesse teria eu feito em casa…. Pois é básico. Apenas quando o recebi é que vi que era tão básico.

Cabo de bateria A111M0015F – 57.27€ na Sj Sports Cars

DSC08158.jpg

Os tubos de travão sugiro que sejam novos. Podem ser reutilizados, mas após ter visto o estado em que estava o óleo e a oxidação que havia na paredes internas dos tubos, acho que meter novo é a melhor abordagem.

Tubos dos travões B111J0065F, A111J0088F e A111J0064F - 22.58€, 26.80€ e 25.65€ (respectivamente)

DSC08152.jpg

O motor do limpa vidros terá de ser um LHD. O motor original do Lotus S1 B111M0033F custa 618€, no entanto a mesma Lotus vende o mesmo motor para o Elise S2 por….139.63€… As únicas diferenças são o plug que é diferente do S1 e parece que o espigão que fixa o braço é também diferente (ainda não cheguei a essa fase da montagem, daí o “parece”). Mas mesmo assim, no pacote vem um plug de adaptação para o S1. Fantástico, não é? Eh eh

Motor limpa vidros A117M0103S – 139.63€ na Sj Sports Cars

DSC09021.jpg

Retirado o embrulho inicial, outro part number aparece, é o part number apenas do motor, sem o novo plug:

DSC09022.jpg

O plug em questão com instruções da Lotus de montagem:

DSC09023.jpg

E o motor em si:

DSC09027.jpg

Para terminar esta fase do que é obrigatório, mais cola será necessária e claro, anticongelante, em que aconselho o da Xpart (laranja), pois é o oficial da Lotus para motores Serie K:

BetaSeal A082B6281F – 32.98€ na Sj Sports Cars:

A082B6281F-LOW_LRG.jpg

Anticongelante - 32€ 5 litros em qualquer ex-concessionário MG-Rover

DSC09831.jpg

E estas são as peças que considero como sendo indispensáveis na conversão do Elise, mas há claro outras que fortemente sugiro que sejam mudadas, peças essas que falarei num próximo post.

Um abraço,

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites



×
×
  • Create New...