free hit
counters
Conversão LHD Elise S2 K-series. - Topics - The Lotus Forums Jump to content


Conversão LHD Elise S2 K-series.


Recommended Posts

Pois é meus caros! Finalmente concluí a conversão para LHD do amarelinho.

Sábado passado fez precisamente 3 meses certos, que parei o carro na garagem e lancei mãos á obra.

O processo não foi tão detalhado e reportado como o que o Miguel está a fazer. Pois a paciência não é muita e o que queria mesmo era tratar do assunto quanto antes.

No entanto fiz uns videos que já partilhei com o forúm (videos).

Quem já passou por isto, ou mesmo quem tenciona passar, há sempre mais qualquer coisinha que queremos fazer. Ou seja pintar aquela peça, ou melhorar aquele pormenor, todos acabamos por ir aumentando a lista do "To Do", e eu não fui excepção.

Aqui fica uma foto de como estava o carro antes de iniciar o processo

trackday14nov2010160.jpg

036-5.jpg

044-5.jpg

As principais alterações que pretendia fazer além da conversão LHD eram as seguintes:

Anodizar o difusor traseiro de preto;

Pintar as grelhas traseiras da matricula e escapes;

Trocar os vedantes das maxilas de travão;

Decapar e lacar as maxilas de amarelo;

Retirar a ferrugem excessiva do centro dos discos de travão;

Corrigir a fuga de água do radiador;

Montar um hardtop;

Montar um front splitter;

Montar tubos malha de aço nos travões;

Pintar a front clam;

Corrigir a falta de intensidade das luzes;

Instalar um comando directo para accionar as ventoinhas;

reparar uma cava da roda que estava com um rasgo;

Instalar um sump buffle;

Mudar o óleo e fazer uma revisão;

Outro trabalho que é quase sempre obrigatório é a pintura ou niquelagem dos braços de suspensão, mas esse trabalho já tinha sido feito quando comprei o carro, por isso era menos uma tarefa na já longa lista de afazeres.

Iniciei os trabalhos com grande parte das peças em meu poder, mas algumas só pude encomendar depois de desmanchar o carro, pois não consegui ter a certeza de qual a referência certa para o meu carro.

Os diagramas da Deroure ajudam imenso, mas com tantas versões diferentes de Elises, por vezes podemos ficar um pouco baralhados. Foi o que aconteceu com a sofagem. Só tive 100% de certeza do que precisava depois de desmontar o carro.

A quem quiser fazer uma conversão LHD, não se admirem de comprar peças que depois descobrem que não precisam.

Eu comprei a mais o seguinte:

- Mola do acelerador;

- 3 Tubos do AC;

- 1 calha para o banco do passageiro;

Depois de ter todas (ou quase todas) as peças, o trabalho não é nada difícil, se bem que acontecem sempre alguns imprevistos que tem que ser resolvido, como foi o caso de um radiador de AC completamente no lixo que teve de ser substituído, ou uma abraçadeira de um dos tubos de água que partiu com aperto excessivo.

De uma maneira ou outra, lá se conseguem ultrapassar todos esses problemas.

O Tablier dos S2 é outro problema considerável. Pois pelo que sei, a Lotus já não os fabrica e não resta outra alternativa senão alterar o nosso RHD. Foi o que fiz.

Ache que o trabalho ficou muito bem. Para tirar a prova dos nove, perguntei a alguns amigos, que não estavam a par do trabalho, se o tablier lhes parecia original ou não e a opinião foi unânime.

Ainda não tenho fotos do carro concluído, mas amanhã já devo cá conseguir por qualquer coisinha.

Outro apontamento que faço é em relação à cx de direcção. Tal como o Miguel, a minha escolha foi a de instalar uma Quick Ratio, com 2,45 voltas.

Depois de alinhar o carro, a principal diferença que noto é que está bastante mais pesada e parece que todos os buracos e depressões na estrada "puxam" o carro para o seu lado. Chega a ser desconfortável e confesso que pode meter medo em certas circunstâncias.

Também tenho consciência que os pneus já podiam ser novos e que o alinhamento não está no seu melhor, pois o camber numa roda é de -0º51' e na outra é -0º25'.

Acho que preciso de fazer mais alguns km's para me afeiçoar ao novo comportamento.

Neste momento o carro já foi até Lisboa e veio, mas ainda faltam alguns pormenores, como colocar o espelho no sítio certo, aplicar o tratamento de rubber touch nos plásticos, tapar as grelhas de ventilação dos pés e colocar o front splitter.

Vou ver se amanhã tiro umas fotos do amarelinho já pronto, até lá, podem ver aqui algumas fotos

Link to post
Share on other sites

Upgrade today to remove Google ads and support TLF.
  • Replies 59
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Parabéns Nuno.

Belo trabalho e excelente máquina.

Como ando muito pelo Porto, pode ser que agora aconteça um encontro pessoal.

Em matéria de caixa de direcção, também optei pela versão quick-rack e pouca diferença notei em matéria de esforço de manobra.

A direcção torna-se é ainda mais rápida e precisa do que o "normal".

O maior esforço em manobras, essencialmente com o carro parado, não é significativo.

O rasteirinho do Nuno deve estar a precisar agora de um bom alinhamento/afinação de direcção/suspenção para eliminar atritos e sentir toda a diferença.

Parabéns mais uma vez e bons kilómetros.

Link to post
Share on other sites

Parabéns Nuno.

Belo trabalho e excelente máquina.

Como ando muito pelo Porto, pode ser que agora aconteça um encontro pessoal.

Em matéria de caixa de direcção, também optei pela versão quick-rack e pouca diferença notei em matéria de esforço de manobra.

A direcção torna-se é ainda mais rápida e precisa do que o "normal".

O maior esforço em manobras, essencialmente com o carro parado, não é significativo.

O rasteirinho do Nuno deve estar a precisar agora de um bom alinhamento/afinação de direcção/suspenção para eliminar atritos e sentir toda a diferença.

Parabéns mais uma vez e bons kilómetros.

Viva Albino,

De facto o alinhamento do carro não está como deve ser. Já chegei à conclusão que devo ter de maquinar as mangas de eixo da frente, pois a da direita já não tem chapas e está com um camber de -0º24'. a da esquerda tem (salvo erro) 3 chapas e está -0º53'.

Eis os valores finais:

Frente

Caster E: 4º38'

Caster D: 4º19'

Camber E: -0º53'

Camber D: -0º24'

Convergência E: 0º07'

Convergência D: 0º03'

Convergência total: 0º10'

Traseira

Camber E: -2º01'

Camber D: -1º40'

Convergência E: 0º07'

Convergência D: 0º04'

Convergência total: 0º10'

ângulo de Impulso: 0º02'

E no Porto onde é que posso encontrar uma casa que se dê ao trabalho de perder 1 ou 2 horas a desmanchar as rodas e as mangas de eixo para alinhar aquilo como deve ser? É que até agora, todas as vezes que quis alinhar o carro, tive de ser eu a sujar as mãos e a fazer o que é preciso, estando o dono da oficina a perguntar de 5 em 5 min se ainda vou demorar muito, pois a fila de carros para a máquina de alinhamento acaba sempre por crescer imenso.

Quanto à suspensão, o que posso afinar? Tenho a suspensão original dos S2 Bilstein com molas Eibach e tenho a ideia que não têm qualquer afinação.

Quanto a jantes e pneus, de momento tenho as jantes do Exige montadas (frente 16'' x 6,5''; Trás 17'' x 7,5'') com pneus Yokohama A048 195/50R16 na frente e Toyo R888 225/45R17 na traseira. Os pneus já estão com um desgaste acentuado, mas vão ter de durar mais uns tempos.

Quanto a esse encontro é quando quiser. Este mês vou estar alguns fds fora (mês dos casamentos e concertos!) mas há sempre tempo para um café!

Link to post
Share on other sites

E no Porto onde é que posso encontrar uma casa que se dê ao trabalho de perder 1 ou 2 horas a desmanchar as rodas e as mangas de eixo para alinhar aquilo como deve ser? É que até agora, todas as vezes que quis alinhar o carro, tive de ser eu a sujar as mãos e a fazer o que é preciso, estando o dono da oficina a perguntar de 5 em 5 min se ainda vou demorar muito, pois a fila de carros para a máquina de alinhamento acaba sempre por crescer imenso.

Quanto à suspensão, o que posso afinar? Tenho a suspensão original dos S2 Bilstein com molas Eibach e tenho a ideia que não têm qualquer afinação.

Quanto a jantes e pneus, de momento tenho as jantes do Exige montadas (frente 16'' x 6,5''; Trás 17'' x 7,5'') com pneus Yokohama A048 195/50R16 na frente e Toyo R888 225/45R17 na traseira. Os pneus já estão com um desgaste acentuado, mas vão ter de durar mais uns tempos.

Uma das casas recomendadas pelos donos dos Elises para as suspensões foi a casa que tratou do carro do Fernando Cordeiro e que trabalha com a competição automóvel. São a ofcina de referência do Pedro Salvador e penso que está tudo dito. Penso que te podem tratar também dos alinhamentos. Se lá fores ou se tratares lá do carro peço-te para reportar pois ainda não tive oportunidade de lá levar o meu carro e gostaria de saber tudo o que for relevante:

António dos Amortecedores

Rua São Roque Lameira 1342

4350-304 PORTO Campanhã

225 360 337

Se precisares de Toyos Proxes para o teu carro, temos uns contactos que te poderemos arranjar e que fazem um bom desconto. Eu pessoalmente arranjo bons preços na zona norte para Advans

Rui Pedro Coelho

Link to post
Share on other sites

Uma das casas recomendadas pelos donos dos Elises para as suspensões foi a casa que tratou do carro do Fernando Cordeiro e que trabalha com a competição automóvel. São a ofcina de referência do Pedro Salvador e penso que está tudo dito. Penso que te podem tratar também dos alinhamentos. Se lá fores ou se tratares lá do carro peço-te para reportar pois ainda não tive oportunidade de lá levar o meu carro e gostaria de saber tudo o que for relevante:

António dos Amortecedores

Rua São Roque Lameira 1342

4350-304 PORTO Campanhã

225 360 337

Se precisares de Toyos Proxes para o teu carro, temos uns contactos que te poderemos arranjar e que fazem um bom desconto. Eu pessoalmente arranjo bons preços na zona norte para Advans

Ó Rui nem de propósito. Estou a começar a ver preços para pneus. Como disse no tópico do track day do AIA, estou a pensar lá ir, mas 7 sessões de 25 mins é muito tempo em pista para os estado actual dos meus pneus.

Venham lá esses contactos sff. thumbsup.gif

Link to post
Share on other sites

Olá Nuno.

Sobre a interrogação

"Quanto à suspensão, o que posso afinar? Tenho a suspensão original dos S2 Bilstein com molas Eibach e tenho a ideia que não têm qualquer afinação."

Não é bem assim.

Esse conjunto mola/amortecedor pode ser afinado em matéria de compressão da mola - que, por sua vez, irá alterar também a distância ao solo do chassis.

Como?

O corpo cilindrico do amortecedor possui 3 ou 5 ranhuras (conforme o ano de fabrico do amortecedor) junto ao anel superior de fixação da mola.

Estas ranhuras não são visíveis precisamente porque normalmente estão escondidas por esse anel.

A fixar este anel ao corpo do amortecedor existe um freio circular que vai encaixar numa qualquer dessas ranhuras que, por sua vez, vai ser envolvido pelo anel de fixação da mola, conjunto que vai ser travado pela força da mola.

O problema é como fazer este ajuste. Não é facil (calma que vale sempre a pena lá chegar).

Vai ser necessários remover a mola do corpo do amortecedor (com a ferramenta mais apropriada para comprimir a mola), libertar o conjunto anel/freio (que, muito certamente, estará bem bloqueado pela oxidação dos materiais envolvidos) para então ajustar em conformidade a compressão da mola.

Convêm previamente tirar a altura do chassis às 4 rodas, para referência de trabalho - em condições ideais um elise deve estar nivelado às 4 rodas ou ter o eixo traseiro mais alto do que o dianteiro.

Nos amortecedores com 3 ranhuras a diferença de uma ranhura para a outra representa cerca de 8 milimetros de altura ao solo (a aumentar ou diminuir conforme o ajuste que se estiver a fazer - fora a dureza da acção da mola).

Logo é tudo uma questão de fazer contas.

Dá trabalho mas vale a pena - o carro pode mudar completamente de comportamento.

É tudo uma questão de uma tarde bem passada e umas boas cervejas à mistura.

Logo, se Nuno realizar este trabalho na sua oficina do costume (creio que no Porto), quando concluir o trabalho a fila de carros para a máquina de alinhamento já deve estar a chegar a Espinho.

O dono da oficina é que não poder perder a paciência, nem dizer mal dos Lotus - afinal isto é tudo tecnologia de competição, pois as suspenções dos Elises são afináveis a 100% em todos os seus parámetros (e ainda há povo que pensa que uma certa marca italiana é que faz carros de referência - enfim).

Boas contas e afinações.

Link to post
Share on other sites

Nuno, vais-te ver grego para tirar e colocar as molas, é necessário um compressor com as presas pequenas, sendo que poucas oficinas as têm. Hoje tive a montar as molas e decidi deixar a regulação do amortecedor a meio (no meu caso tenho os três níveis). Julgo que será o melhor compromisso (?).

Um abraço,

Link to post
Share on other sites

Desconhecia por completo! Estou sempre a aprender thumbup.gif

Mas será que vale a pena rebaixar mais o carro?

Quando tiver o front splitter instalado já vou ficar com a frente muito próxima do chão e de certeza que não vou conseguir evitar alguns toques ou raspões.

A utilização que dou ao carro é 95% estrada e serra whistle.gif e 5% trackday's (se calhar nem tanto), por isso não sei se compensa o que vou ganhar em "handling" com o que vou gastar em reparações de fibra e pinturas.

Desde que acabei a conversão e fiz o alinhamento, que ainda tem de ser corrigido, já fiz cerca de 700 km, mas foi prácticamente autoestrada, o que não dá para perceber grande coisa. Apenas podemos concluir sobre o comportamento do carro a alta velocidade e a direito. E não tenho grandes males a apontar.

Das voltinhas que dei pela cidade, noto que a direcção está muito sensivel (directa) e que as depressões da estrada "puxam" o carro de um lado para o outro.

Nas rotundas, se entrar um pouco mais depressa, noto alguma subviragem, mas nada que não seja facilmente corrigido.

Ainda não tive oportunidade de experimentar em circuito, mas com a configuração anterior (cx de direcção normal e menos camber no eixo da frente) gostava bastante do comportamento do carro, desde a entrada em curva, a estabilidade na travagem e a saida de curvas em aceleração.

A única coisa que apontava era mesmo o adornar do chassi. Com a alteração das jantes da frente para jantes de 6,5'' e pneus semi-slick's esse adornar tornou-se muito mais evidente.

Penso que para resolver ou melhorar nesse ponto, teria de passar para uma barra estabilizadora de maior diâmentro ou com maior rigidez.

Acho que esta foto é elucidativa

057.jpg

É a curva 3 de Braga. a pendura (lado esq) vai um amigo com cerca de 100 Kg.

Esta é a curva 2 de Braga. Vou em aceleração. Nota-se menos, mas dá para ver que podia ir mais direitinho.

082.jpg

No Seloc li um post que ao utilizar a minha configuração de jantes e pneus, deviamos optar pela suspensão do Exige, com molas mais rijas.

Alterando a altura do carro ao solo e logo a compressão das molas, o que posso eu ganhar efectivamente em comportamento do carro? E quais as contrapartidas?

Edited by Nuno Santos
Link to post
Share on other sites

Por essas fotos é acho que é óbvio que o carro precisa de se mandar mais para o chão

É ir ajustando até se sentir confiante e seguro para não andar a lamber a tinta das passadeiras

Link to post
Share on other sites

Boa noite Nuno.

Ao afinar o jogo mola/amortecedor, quanto mais comprimida ficar a mola mais alto vai ficar o chassis ao solo.

Em contrapartida, se a mola trabalhar com pouca pressão o Elise vai andar mais perto da estrada.

Para uma utilização normal o melhor é colocar o carro à altura normal ao solo recomendada pela Lotus e, a partir daí, ajustar a pressão da mola ao gosto de cada um.

Evita-se andar com o carro a bater no chão na maioria das situações que nos vão aparecer pela frente (principalmente em rampas de passeios e entradas para garagens).

Em contraponto, quanto mais pressão tiverem as molas menos o Elise vai adornar nas curvas - a suspensão fica mais riga e dura.

É uma questão de escolher o melhor compromisso para a utilização que se pretende.

Caso se queira um maior grau de afinações e ajustes o melhor é adquirir um jogo de suspenção afinável em mola + amortecedor, tipo Nitron, ou outras marcas, 100% afináveis.

Mas aqui já estamos a falar de valores acima de € 1000.

A minha ideia é a de que a suspensão normal dos Série 2 aliada a uns bons pneus - tipo os AO48, constituirá de longe a melhor opção.

De certeza que se fica com um conjunto verdadeiramente imbatível e económico.

É tudo uma questão de € e de gostos pessoais.

Link to post
Share on other sites

Olá Nuno.

Tenho aqui um apontamento a fazer. Aumentar a pré compressão da mola só te vai modificar a altura do carro ao solo. Nada mais. A mola não fica mais "rija" ou "mole" como se costuma dizer.

As molas ditas "normais" tem um K constante ie F=KD em que F=Força, K é a constante da mola e D a deformação da mesma. Ora como o K é uma constante, o facto de aumentares ou diminuires a pré compressão da mola não te vai alterar o comportamento da mesma.

Claro que existem molas mais elaboradas e com K variável, mas não são essas que tens instaladas no teu Elise.

Assim sendo, podes aumentar ou reduzir a altura ao solo à vontade. O impacto será apenas no handling do teu carro. Quanto mais em pista andares mais baixo o deves ter, dependendo da pista claro, ou se está a chover, etc. Para a estrada, deve andar mais elavado, preferencialmente com os valores da Lotus. Não o ponhas com valores médios que "dá para a pista e para estrada" porque normalmente o que acontece é que depois não é bom em nada. :-)

Se precisares de ajuda avisa.

1 abraço

Nuno,

Esqueci-me de te dizer que para evitar o adornar do carro deves instalar uma barra establizadora de mair rigidez. Há bastantes no mercado e até com apoios diferentes para poderes regular a rigidez que pretendes.

Tens também a solução de amortecedores regulaveis em que poderás apenas com uma chave de parafusos mudar a forma o coeficiente de amortecimento. Na prática, é isto que te vai deixar o carro mais "rijo" ou "mole". Claro que este tipo de amortecedores são € € € € € e não gostam assim muito dos buracos das estradas nacionais.

1 abraço

Link to post
Share on other sites

João,

Apenas desconhecia que a suspensão original dos S2 tinham afinação na compressão da mola. Bem sei que a constante de elasticidade não altera (pelo menos nestas molas).

Acho que para já não vou alterar nada, senão mesmo o alinhamento, o que implica forçosamente maquinar as mangas de eixo.

A altura do carro está óptima para a utilização que lhe dou.

Até ao final do verão o carro vai apenas andar a passear pelas belas estradas deste país.

Em Setembro e Outubro vou a uns trackday's e aí vou ver se preciso mesmo de outra barra estabilizadora e/ou eventualmente as molas do Exige.

Seja como for obrigado pelos vossos ensinamentos.

Link to post
Share on other sites

No Wiki da Seloc indica as seguintes características:

Stock Elise suspension front: A116C0015H Eibach spring 200lb/in Rear: A120D0012H spring 285lb/in

LSS springs for Elise 05 (Federal): 220 F/ 314 R (ie +10%)

Stock Exige front: A122C008H 257lb/in Rear: A122D006H 371 lb/in

Exige track pack for Federal Exige (non returnable so much stiffer) 271 F/ 371

Entretanto, conforme o prometido, aqui ficam algumas fotos do amarelinho.

Ainda sem o HT thumbdown.gif

SN200322.JPG

SN200323.JPG

SN200316.JPG

SN200310.JPG

SN200308.JPG

SN200306.JPG

SN200305.JPG

SN200304.JPG

SN200302.JPG

Edited by Nuno Santos
Link to post
Share on other sites

Nuno,

está com muito bom aspecto mesmo. Parabéns.

Reparei que tens, pelo menos atrás, umas EBC Green stuff? Gostas? Eu tive no meu S1 e não gostei nada. Agora tenho umas Mintex e são um espectáculo.

1 abraço

Link to post
Share on other sites

É verdade. Tenho Green stuff atrás e à frente, mas também não gosto nada, mas como ainda estão bastante novas, ainda vou andar um pouco mais com elas.

Na verdade acho que tira muito feeling ao carro em travagem. É com alguma facilidade que bloqueio rodas e em estradas de serra, entrar para a curva e bloquear rodas é, no mínimo, assustador.

Quando tiver de as trocar, estou a pensar meter umas pagid RS42 ou umas Carbon Lorraine RC5+, sendo que estas últimas são um pouco mais baratas.

Link to post
Share on other sites

Pelas fotos não parece sequer ter sido alterado o volante de sitio, apenas ali do lado do morto onde o almofadado entra no plástico

De resto se fosse meu só tratava dumas coisinhas piquenas, esticar a pele dos bancos e hidratá-las, tratar das ponteiras e devolver-lhes aquele brilho inicial, tratar das soleiras, escurecer os piscas laterais e claro acabar de vez com esses pneus :innocent::thumbsup:

Link to post
Share on other sites

Ainda há uma série de pormenores que vou ter que trabalhar neles, mas isso agora é com tempo e sem stress. Ter o carro parado 3 meses não é nada bom!

Neste momento a minha to do list é a seguinte:

- Descolar o espelho rectrovisor e colar no sítio certo;

- Trocar relé das escovas dos vidros;

- maquinar mangas de eixo;

- alinhar;

- aplicar novo rubber touch aos plásticos (embaladeiras, ventilação tablier, quadrante e forra volante);

- aplicar nova borracha no difusor traseiro (a outra saltou em andamento!);

- trocar autocolantes de médios e nevoeiro;

- montar interruptor para ligação directa da ventoinha;

- verificar fuga da bolsa de ar do banco do condutor;

- alterar/corrigir front splitter;

- montar hardtop

- comprar e instalar um sump baffle;

- Fazer revisão óleo e filtros;

- montar bujão magnético;

- estudar como fazer para aparecer a temperatura de óleo no quadrante (se alguém tiver ideias, força aí!);

e no final de tudo, fazer um detail em condições ao carro.

Em relação ao tablier, há algumas irregularidades na camurça que podiam ter ficado um pouco melhor. Quem fez o trabalho disse que dá para corrigir.

No entanto, tenho um seguindo tablier que está a ser também alterado. Vou usar um 2º método e outro tipo de Alcantara. O que ficar melhor fica no carro, o outro será para vender, por isso se houver interessados é só dizer.

Link to post
Share on other sites

- maquinar mangas de eixo;

Esta é que eu não percebi :question:

Percebi que está relacionado com o camber das rodas da frente, visto que este é ajustado usando chapas e dum dos lados já chegou ao fim.

Só não tou a perceber é qual a peça que vais maquinar. Tens fotos ou imagens das tais mangas de eixo.

Link to post
Share on other sites



×
×
  • Create New...