free hit
counters
Conversão LHD Elise S2 K-series. - Page 2 - Topics - The Lotus Forums Jump to content


Conversão LHD Elise S2 K-series.


Recommended Posts

então aqui vão uma fotos para perceber melhor.

Suspens%2525C3%2525A3o%252520frente%2525201.JPG

As chapas de afinação de camber ficam na zona assinalada. Como ficam do lado de fora do pivô superior da manga de eixo, quanto mais chapas tiveres, mais positivo é o camber.

Ora escusado será dizer que o que queremos é camber negativo. Então à que tirar chapas, aproximado o "topo" da maga de eixo mais para dentro e criando assim um camber mais "negativo".

Quando tiras as chapas todas, a manga de eixo fica encostada ao tirante da direcção.

Nesse caso, tens que desbastar um pouco da manga de eixo, para que esta consiga ficar num ângulo maior (mais negativo neste caso) entre o pivô inferior e superior.

Nesta foto dá para perceber onde vou fresar.

maquinagem.JPG

Link to post
Share on other sites

Upgrade today to remove Google ads and support TLF.
  • Replies 59
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

  • 2 weeks later...

Já tenho mais novidades do rasteirinho! :D

O HT já mora no sitio, embora ainda esteja à espera de borrachas novas encomendadas na Elise-shop (à já algum tempo :angry:).

Os plásticos das soleiras, coluna de direcção, quadrante e tablier já foram ao tratamento e ficaram porreiros. A cor é muito aproximada, se bem que com uma tonalidade um pouco mais escura. Para ficar tudo igual e da mesma cor, teria de pintar tb as tampas/suporte das colunas, por isso vai ficar mesmo conforme estão. Obrigado Miguel pelo contacto. O moço é 5 estrelas! :thumbup:

Entretanto recebi hoje umas belas de umas Pagid RS 42! :harhar:

Não é que estivesse a precisar (já) delas, mas surgiu uma boa oportunidade e eu aproveitei.

Assim, para ter a certeza que o sistema de travagem fica em estado novo, já está agendado para início de Setembro uma intervenção grande ao dito.

Vou zincar e rectificar os discos. Decapar e zincar as mangas de eixo e aproveitar para maquinar as duas à mesma medida.

Mas a vida de um proprietário de um Lotus não é só alegrias.

Com o HT montado, andei hoje a dar umas voltas para ver como seria o "conforto" e se haviam barulhos parasitas.

Então arranjei logo uma série de pequenos problemas:

- O fio da buzina está desligado;

- A tampa da prateleira inferior do tablier, junto à coluna, saiu do sítio;

- A prateleira inferior faz uma pequena trepidação em mau piso (no paralelo);

- O AC só faz frio se o motor estiver a fazer rotação (i.e. ao ralenti o ar que sai vem quente);

- A sofagem está a direccionar o ar para os locais errados. Se colocar o comando a pontar para o vidro, sai para a cara, se for a apontar para os pés sai para o vidro, etc.

Ou seja, com isto vou ter de desmanchar quase tudo outra vez! :wallbash:

Todos os problemas são simples, mas implicam desmanchar uma série de coisas outra vez. A sorte é que já se começa a tornar fácil.

Em relação ao AC acho que não é tanto um problema, mas sim feitio, pois ele até funciona bem. Quando medi, estava a fazer 4,5º quando ligado para o mínimo.

Só quando paro num semáforo é que parece que o compressor desatraca e começa a sair ar quente (hoje tb estava uma temp muito alta). Assim que arranco e o motor começa a fazer rotação outra vez, o frio volta e até bastante rápido.

A sofagem é que está a lixar tudo. Para poder verificar o que se passa (já tenho uma ideia, mas tenho de verificar) tenho de tirar a front clam e o motor do limpa pára brisas, e isso é um valente bico de obra! :wallbash:

Enfim, lá vão ser mais umas horas de volta dele!

Fotos só amanhã!

Link to post
Share on other sites
  • 1 month later...

Então cá fica uma pequena actualização do meu amarelinho.

Antes de dar entrada na Auto Reparadora do Catassol para fazer um C Service um pouco mais exaustivo, a última novidade já está no sitio.

Trata-se de uma panela Larini Club Sports.

Ao inicio ainda pensei que o som, se calhar, era um pouco exagerado, mas após alguns km's (ou milhas :P ) chego à conclusão que é bem tolerável.

Fiquei curioso por saber como seria o escape completo com colectores e sport cat...

Aqui fica um pequeno video do antes e depois

Link to post
Share on other sites

Very very nice!!!! :) Se eu soubesse que no S1 ficaria assim até pensava na opção, mas parece que o som do mesmo conjunto no S1 ou no S2 são diferentes. :(

Um abraço,

Será Miguel?

De facto a cabeça dos VVC tem válvulas maiores e a admissão é diferente, mas não sei até que ponto isso nota-se na sonoridade final.

Já me tinham dito que essa panela estava do demónio e confirma-se

Já tive a oportunidade de ouvir um Larini num Gallardo Superleggera

Boa escolha

Tks.

Segundo um dos amigos da serra, ouve-se pela serra toda! :devil:

Link to post
Share on other sites

Será Miguel?

De facto a cabeça dos VVC tem válvulas maiores e a admissão é diferente, mas não sei até que ponto isso nota-se na sonoridade final.

Tks.

Segundo um dos amigos da serra, ouve-se pela serra toda! :devil:

Também gostava de ouvir isso ao vivo

Fica uma outra marca que gosto bastante, mas o preço dum setup K-egg já se atira para cima dos 3500€ para Elise

Deve é ficar impossível de se falar no habitáculo, já de origem quando se entra no campo dos 3 digitos é complicado imagino com um setup destes

Edited by BigDaddy
Link to post
Share on other sites

Também me parece ser um Toyota, mas o som do escape é brutalíssimo!!!! :o

Nuno, não te posso afirmar com toda a certeza, mas acho que por causa da configuração/desenho de ambos os sistemas de escapes, faz com que o som seja diferente.

Fica aqui com os Larini Sport para o S1 e S2. Clica em "Lotus" e podes ver os vários setups:

http://www.larinisystems.com/video

O que gosto mais é o do último filme, adoro aquele "arranhar" em altas. :)

Um abraço,

Link to post
Share on other sites

Bom dia.

A propósito desta conversa sobre escapes e embora não tenha nenhum ficheiro video para mostrar/comparar, tenho no meu Elise uma panela Janspeed inox, um de-cat pipe Larinni e um colector de escape e down-pipe Piper Big Bore 4-2-1.

O carro continua bem simpático em condução normal.

Pisando o acelerador e as rotações começando a subir, o Elise muda de atitude e aí o roncar torna-se bem "agressivo".

Não é caso para dizer que se está a exagerar (tipo andar de escape aberto) só que além do Lotus começar a roncar à homem até faz jeito pois avisa-se os restantes ocupantes da via pública de que algo bem mais SÉRIO se aproxima.

E mais ainda, na fase de aquecimento do motor e quando se tira gás o escape é só ratés e "tiros" - um espectáculo.

O curioso é que, nessas alturas em que se pisa o acelerador, dentro do habitáculo o barulho do escape pouco aumenta, sendo perfeitamente tolerável, mas no exterior o roncar da passagem do Elise torna-se bem evidente, entoando por largas centenas de metros.

Como utilizo o Elise em muitos dias da semana já tenho várias pessoas que identificam a sua passagem só pelo barulho.

Toda esta conversa para dizer que os Elises sofrem de um mal - o produto de fábrica já é muito bom mas começando a fazer-se up-grades aí é que as coisas começam a ficar mesmo sérias (e a "loja" está sempre cheia de novidades, para mal da carteira).

Abraço a todos.

Link to post
Share on other sites

Albino, temos a mesma panela de escape!!! :D No meu caso tenho é um catalisador oco (estava entupido e decidi fazer uma limpeza geral eh eh) e realmente também tenho esses pequenos ratés, se bem que no meu caso são apesar de tudo mais tímidos. Está nos meus planos mudar também os colectores, mas acho que vou para os Larini 4-2-1.

Diga-me uma coisa, no seu Elise a partir das 4000 rpms o som do escape altera-se completamente a fica mais metálico? Tipo um "arranhar" metálico?

Uma coisa que também deu logo outro aspecto sonoro, foi a indução Hurricane (e eventualmente a throttle 52mm), ficou com um som fantástico e sempre a ouvir-se bem o ar a ser puxado se tiver a janela aberta. :)

Caramba, temos mesmo de agendar um encontro mais abrangente do Clube, tipo em Coimbra ou algo por esses lados mais central à duas cidades onde há mais Lotus (ouvi dizer que há por lá uma Serra com boas estradas). :D

Um abraço,

Link to post
Share on other sites

Olá Miguel

Em resposta ao último post, uma coisa que eu também gostava muito era do barulho da admissão do kit Hurricane, que também tinha no meu Elise.

Ouve-se o ar a entrar no motor e na altura de o desligar é um espectáculo.

Só que Portugal é o pais do pó e eu à cautela montei o filtro de admissão de origem, pois pó, lixo e filtros de competição normalmente não dão bons resultados nos cilindros e segmentos. Deixou-me muita pena pelo facto do compartimento motor ficar mais arrumado e espaçoso com a admissão Hurricane.

Quanto à pergunta do barulho acima das 4000 rpm ainda não experimentei (é imperdoável mas é verdade - logo que a rodagem do meu motor acabe vou resolver essa falha).

O colector de escape Larinni 4-2-1 de certeza que deve ser uma boa escolha embora eu tenha optado pelos Piper Big Bore mais pela questão de aumentar o diámetro das saídas dos tubos individuais.

Seguem algumas fotos para comparar:

post-12866-0-19346200-1316535190.jpg

post-12866-0-36472800-1316535202.jpg

post-12866-0-28303000-1316535215.jpg

Link to post
Share on other sites

Janspeed, Sports Cat e Admissão BMC, esta é a minha receita enquanto não ganho coragem ($$) para outros voos. Até ás 3000rpm é tolerável mesmo em auto-estrada, após as 3000, all hell breaks loose. Me like it!

Fugindo um pouco ao tópico,

Nuno, depois precisamos de um relato da experiência na Catassol. Ah! e um passarinho grande contou-me que não são os únicos updates que tens planeado. Vá, chiba-te! :)

Rui Pedro Coelho

Link to post
Share on other sites

Janspeed, Sports Cat e Admissão BMC, esta é a minha receita enquanto não ganho coragem ($$) para outros voos. Até ás 3000rpm é tolerável mesmo em auto-estrada, após as 3000, all hell breaks loose. Me like it!

Fugindo um pouco ao tópico,

Nuno, depois precisamos de um relato da experiência na Catassol. Ah! e um passarinho grande contou-me que não são os únicos updates que tens planeado. Vá, chiba-te! :)

Eheheh! Isso é batota! Ir aos bastidores saber das novidades não vale.

Entreguei hoje o carro ao Jorge da Catassol. Assim que o receber faço a actualização com o respectivo feedback da oficina.

Posso adiantar que tem uma coisa que gostei. Tem elevador de plataformas (parecido com os que se usam para alinhar os carros) o que é óptimo, pois um dos meus maiores receios nas oficinas é que não respeitem os jacking points e que se estrague alguma coisa.

Só por isso: Catassol - 1 point! :yes:

Link to post
Share on other sites

Então como prometido, aqui fica a actualização do meu amarelinho.

Um ano depois da última revisão e tendo em vista a minha participação em futuros trackday's, decidi fazer uma revisão um pouco mais "profunda" ao carro.

Não sei de deva chamar um C service, ou um B service?!

O que foi feito:

- Mudar óleo da caixa de velocidades - Motul Gear 300 75W90

- Mudar Velas - NPL100290

- Mudar filtro de Gasolina - Bosh

- Montagem de PRRT

- Substituição do anti-congelante

- Montagem de sump baffle

- Montar bujão magnético no carter

- Mudar óleo do motor - Castrol Edge Sport 10W60

- Limpar filtro de ar

- Montagem de suporte slave cylinder

- Verificar barulho na polie do compressor do AC

A única coisa que ficou por fazer foi a mudança da distribuição, mas não valia a pena, pois tinha sido trocada em 2008, à 17 K milhas atrás.

Esta revisão era para ser feita por mim, no meu espaço, mas havia uma tarefa que não me sentia suficientemente à vontade, nem tinha grandes possibilidades, que era a reparação da polie do AC. Um elevador ajuda muito!

Foi então que decidi ir até à ARC - Auto Reparadora de Catassol.

Depois de falar com o sr. Jorge (filho do dono), lá decidi entregar todo o material que tinha comprado, para que fossem eles a fazer a revisão.

O carro foi para lá na terça. Na quarta, quando entreguei o material, fiquei um pouco desapontado, pois julgava que iam logo pegar nele, mas o dono, disse que só segunda... Assim, podia começar e terminar o serviço.

O Jorge, tipo muito porreiro, ainda me perguntou se fazia diferença, mas acabei por dizer que embora seja um carro só para os fins de semana, preferia que fizessem o serviço como deve ser e sem pressas.

Para meu espanto, ligaram hoje para o ir buscar. Estava pronto.

Pena foi, que a única coisa pelo qual fui lá, não ficou feita. Deram um jeito à polie do AC, mas passaram logo o atestado de óbito. Tenho de arranjar uma nova (ou usada). Por isso o problema ficou. Tenho de parar o carro durante mais tempo, retirar o compressor e andar a bater os ferros velhos por uma polie igual.

Quanto ao resto do serviço, tenho que dar um feedback positivo.

Aceitaram de bom agrado ser eu a entregar o material e fizeram o que lhes foi pedido.

Quanto a custos... Não estava à espera de ser tão caro, até por que pensava ser eu a fazer.

Cobraram 13 horas de MO a 24,82 € + IVA, que somando com uma abraçadeira e a massa do carter deu um total de 400 €.

Mas visto bem as coisas, aquilo dava muito trabalho.

Instalar o PRRT é complicado, principalmente para remover o termostato original.

O carter também não é pera doce.

No final, ainda sangraram os travões e deram uma lavagem por dentro e fora.

Quando estava a sair pensei cá para os meus botões: Se cobrassem menos, se calhar para o próximo ano não estavam por cá!

A Nortauto pode ser bem barata, mas com a experiência que tenho com eles, NUNCA confiava lá este meu carro.

Agora é fazer km (milhas) e quando tirar fotos decentes, publico-as por aqui.

Edited by Nuno Santos
Link to post
Share on other sites

Olá Nuno.

Face aos ultimos trabalhos que realizou no amarelinho e uma vez que instalou uma PRRT, actualize por favor o tópico das temperaturas do Elise, para o pessoal ficar a saber o antes e o depois.

Obrigado e boa noite.

Link to post
Share on other sites

Vou tratar disso Albino.

Hoje foi dia de estrear o carro depois da conversão, no seu habitat natural.

É notório que tenho que maquinar as mangas de eixo dianteiras para ganhar mais camber nesse eixo, pois noto algum arrastamento da frente, que apesar de ser controlável, não é de todo eficaz.

Em relação aos travões, ainda estou com as Green stuff, que mesmo com a falta de sensibilidade que estão a transmitir em estrada normal, em circuito mostraram-se suficientes. Não brilhantes, mas suficientes.

Um pequeno video aqui do "pezudo"

Link to post
Share on other sites

Em destaque na nossa página do FB para que quem esteja interessado veja que é possivel fazer um bom trabalho em casa!

http://www.facebook....ublotusportugal

Obrigado Rui!

Parece ter sido porreira a voltinha

Aquele ligeiro adorno em curva ainda se nota muito?

Ainda não fiz qualquer alteração em termos de alinhamento e/ou barras estabilizadoras, por isso o comportamento está mais ou menos igual.

A única diferença mesmo são os pneus, que cada vez estão mais gastos!

Link to post
Share on other sites



×
×
  • Create New...