free hit
counters
Seguros - Topics - The Lotus Forums Jump to content


Recommended Posts

Nos últimos dias tenho andado a pedir simulações a várias companhias de seguros para uma apólice com danos próprios para o meu carro, mas a tarefa não tem sido muito fácil.

Em virtude do meu carro ser de 2003, não aparece nas base de dados da maioria das companhias, sendo portanto difícil atribuir um valor ao carro.

Acho que o facto da Lotus não ter representação em Portugal nessa data (2003), torna todo o processo mais complicado, pois não há referência ao preço do carro em novo.

Grande parte das companhias com quem tenho falado, não sabendo indicar o valor correcto/comercial do carro em questão, acabam por me perguntar qual o seu valor.

Ora, na minha ideia, isso não serve de grande coisa. O que vale ser eu a dizer que o carro vale 40 000€ se na realidade não é esse o valor dele? A companhia até pode fazer uma apólice para esse valor, mas e se de facto for necessário activar a apólice? Será que nessa altura a companhia não tenta encontrar o verdadeiro valor comercial do carro, ficando eu penalizado por ter pago uma apólice sobre um valor superior ao real valor comercial do carro?

Por outro lado também deixo aqui a questão: Qual o valor comercial do meu carro?

A única companhia que apresentou outra solução foi a Tranquilidade, que disse ter um departamento que poderá fazer uma avaliação ao carro.

Conhecem alguém que tenha uma apólice com danos próprios num Lotus importado?

Entretanto a falar com alguns amigos, um deles tocou num ponto que achei bastante pertinente. E será que o Clube Lotus, sendo um clube oficial, não poderá de alguma forma ajudar nestes processos, quanto mais não seja, realizando uma avaliação mais "fundamentada" destes carros?

Gostava de ler os vossos comentários acerca deste tema.

Link to post
Share on other sites

Upgrade today to remove Google ads and support TLF.
  • Replies 16
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Diria que o teu Lotus deverá valer qualquer coisa como uns 24/25000€. A minha seguradora avaliou-me o carro em 22000€ (o que é exagerado) e entretanto fiz seguro de clássico, onde só pago 50€ pelo seguro sem limite de km. Seguro contra todos, já não consegui fazer nem sequer seguro de quebra isolada de vidros.

O Clube podia era criar protocolos com uma seguradora. :) Já agora, o Clube está oficalizado, com contribuinte, sede, etc? Caso não, apenas dessa forma será "oficial".

Um abraço,

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

Em relação ao clube, sei que tem uma sede (pelo menos uma morada) mas quanto ao resto não sei. Pelas acções do clube, longevidade, e interacção com o importador e a própria fábrica, deduzi que seria "oficial", mas isso o Rui Coelho poderá esclarecer.

Em que companhia te fizeram essa avaliação, Miguel? Como foi o processo? E como é que eles avaliam um carro num valor ainda considerável e não aceitam uma apólice de danos próprios nem sequer quebra de vidros? Foi pelo ano de fabrico?

Para mim não faz grande sentido, mas se calhar é mais uma consequência da política do usa e deita fora!

Acho que um carro de 98 não devia entrar num campo dos clássicos! Acho que ainda é um carro recente! É como dizer que um jovem de 13 anos é um sénior!

Link to post
Share on other sites

Exacto Nuno, não me aceitaram o seguro contra todos nem a quebra isolada de vidros precisamente por já ter mais de 10 anos (salvo erro é apartir dessa idade). Quanto ao processo foi um processo normalíssimo. Telefonei para lá e fiz o seguro. Deram-me o valor, enviaram por FAX (foi aí que vi o valor atribuido do carro) e fiz o pagamento.

Visto que estava a pagar um seguro somente contra terceiros, foi aí que alterei o seguro para seguro de clássico (o Elise S1 já está na lista nacional de automóveis admitidos como pré-clássicos):

http://issuu.com/vitorinos/docs/listagem_pr_-cl_ssicos?mode=embed&layout=http%3A%2F%2Fskin.issuu.com%2Fv%2Flight%2Flayout.xml&showFlipBtn=true

Agora vou certificá-lo como veículo de interesse histórico/clássico pelo ACP Clássicos o que fará com que, caso tenha um acidente sem ser culpa minha, me tenham de arranjar o carro sem olhar ao valor comercial do carro, é o que terá de ser.

Um abraço,

Link to post
Share on other sites

O Elan SE e o Elise já podem levar com seguro igual ao do Fulvia :thumbsup: :thumbsup: Nice! :thumbup:

Agora vou certificá-lo como veículo de interesse histórico/clássico pelo ACP Clássicos o que fará com que, caso tenha um acidente sem ser culpa minha, me tenham de arranjar o carro sem olhar ao valor comercial do carro, é o que terá de ser.

Atenção que eles são bastante exigentes no que toca à originalidade do carro. Basta uns manípulos diferentes do original para "bater na trave"... Conheço uma pessoa que por causa de um auto-radio não conseguiu... (isto é verdade). Agora a menos que a avaliação já tenha ficado mais levezinha no que toca à exigência lol lol :secret:

Link to post
Share on other sites

sim sim. :) Estou +/- "por dentro" do ACP Clássicos e em princípio não haverá problema, e já tenho um carro certificado. As alterações a serem feitas poderão ser feitas desde que sejam com peças/componentes da época. Fica aqui com a lista (desculpa Nuno este ligeiro off topic, bem sei que não se insere bem no teu apelo de ajuda):

"Pontos a verificar nas Certificações:

•Carroçaria - Não deverá ter alterações. Deverá estar bem cuidada, sem pontos de ferrugem nem amolgadelas. A pintura, os cromados, as borrachas e os vidros deverão estar em bom estado, sem riscos e de cor uniforme.

•Capota - Nos veículos transformáveis, as capotas deverão estar perfeitamente funcionais e sem apresentar rasgões ou qualquer outro tipo de deterioração.

•Estofos - Os estofos e interiores forrados, deverão estar em bom estado de conservação, sem rasgões e de materiais de acordo com o modelo.

•Instrumentos - Os instrumentos deverão ser originais, em bom estado de funcionamento e de conservação (limpeza interior).

•Limpa Vidros - Todo o sistema deverá estar em perfeito estado de funcionamento e as escovas com capacidade de remoção da água do vidro.

•Iluminação - Os faróis e farolins deverão ser da época do veículo, de marca adequada, em perfeito estado de funcionamento e iguais entre si quando em pares. No caso dos veículos mais antigos, poderão ser montados “piscas” suplementares, desde que não danificando a estrutura do veiculo.

•Chassis - O chassis deverá apresentar-se limpo e estar bem conservado.

•Suspensão - O sistema de suspensão deverá funcionar correctamente e ser original.

•Rodados - Poderão ser montadas jantes especiais, desde que sejam de época. (Ex. Jantes Minilite). As jantes deverão estar em boas condições, com os respectivos tampões, quando for o caso, os pneus deverão ser de acordo com a medida dos documentos e deverão ser iguais entre si, em termos de medida e marca.

•Direcção - O volante deverá ser o original ou extra de época e não poderão existir folgas.

•Travões - Os travões deverão estar em perfeito estado de funcionamento e eficiência.

•Motor - O motor deverá estar em boas condições, limpo, sem fugas de óleo, sem ruídos excessivos e sem emissões de fumo exageradas.

•Sistema de Combustível - O sistema de combustível deverá ser o original.

•Transmissão - A transmissão deverá apresentar-se limpa, lubrificada e bem conservada.

•Sistema Eléctrico - O sistema eléctrico deverá ser o original.

•Diversos - Todos os extras inseridos na viatura, como sejam rádios, faróis suplementares, antenas, etc, deverão ser de época."

Um abraço,

Link to post
Share on other sites

Mas achas mesmo que eles vão fazer esse tipo de pesquisa regularmente? ;) Sinceramente dúvido. ;) No caso do Jaguar, por exemplo, não o fizeram. Confirmaram apenas se batia certo com a documentação.

Um abraço,

Link to post
Share on other sites

Se assim for, excelente! thumbsup.gif

Mal posso esperar que os S2 entrem nessa tal lista!

Mas voltando aos seguros, posso te perguntar em que companhia "conseguiste" essa tal avaliação?

Link to post
Share on other sites

Nem fui eu que pedi, foram eles que me deram. Apenas pedi a simulação do seguro por telefone e depois recebi a folha por FAX com o valor da apólice, mais valor do carro. Por incrível que pareça foi a OK Teleseguros, uma super vulgar operadora de seguros.

Um abraço,

Edited by migueldefender
Link to post
Share on other sites

O meu S2 tem seguro contra terceiros mais incêndio e roubo e na altura, em 2007, foi avaliado em 25K€ pela Mapfre onde ainda se mantém. De ano para ano actualizam o valor do carro com a inevitável depreciação e o prémio acaba por ficar também mais barato. Na altura aceitaram a minha avaliação quando me pediram o valor comercial do carro, o valor que lhes dei foi o valor total da aquisição do carro+IA+ uns trocos :)

Quanto ao nosso querido clube, não tem sede social (a morada é a do escritório de arquitectura do Pedro Aroso), não tem entidade legal nem nada que se pareça. Nunca houve necessidade para tal nem há vontade que tal aconteça, aliás sei de fonte segura que se tal evoluisse para algo desse género, muita gente que agora leva o clube para a frente, sairia do mesmo, eu incluído! Gostamos desta atitude "low profile" sem obrigações, deveres e regras e talvez por isso sejamos um clube diferente dos outros sem quezilias, discussões, opiniões divergentes e quejandos que vemos nos clubes das marcas "nobres". Podemos ser criticado pela forma pouco rigorosa que vemos o clube mas acima de tudo queremos que o mesmo floresça sem atritos, algo que um estatuto mais "oficial" poderia trazer

Somos reconhecidos pela Lotus Cars como "O" clube Lotus de Portugal, o importador também nos reconhece como tal bem como os clubes Lotus espalhados pelo Mundo. Tudo isto sempre com a mesma atitude descontraída. Why change? :)

Rui Pedro Coelho

Link to post
Share on other sites

Concordo inteiramente com o Rui.

Num país cheio de regras e de regulamentações (que poucas vezes se cumprem) é bom existir desta forma o Clube Lotus Portugal, sem formalidades ou imposições de espécie alguma.

As coisas funcionam e sem despesas nem encargos.

Perfeito.

Link to post
Share on other sites
  • 1 month later...

Caros Amigos,

Ainda em off topic e relativamente ao Club Lotus Portugal, estou inteiramente de acordo com a "forma" que este possui.

A sua existência deve-se garantidamente isso e, graças ao puro amadorismo e dedicação de todos quanto o integram, tem-se mantido ao longo dos últimos anos como um dos Clubes mais activos do País.

Apenas gostaria de deixar uma pequena ressalva.

O Club tem efectivamente custos e encargos. Despesas essas que são suportadas por alguns dos Membros que, assumindo-as como suas, se dedicam a mantê-lo activo a um nível que chega mesmo a ser superior ao da maioria dos seus pares.

Há ainda a considerar todo o tempo das suas vidas pessoais que esses Membros dedicam ao Club para que tudo funcione da forma tão exemplar.

Alguns exemplos desses custos são:

- Merchandising do Club oferecido aos Membros (autocolantes, posters, road-books, etc.);

- Merchandising do Club vendido a preços simbólicos e sem qualquer receita para este;

- Organização de Encontros e Passeios (reconhecimentos de itinerários, restaurantes, refeições, preços, estadias, etc.);

- Participação em Salões Automóveis (compra e aluguer do material para o Stand);

- Cedência de Automóveis para exibição (que inúmeros Membros do Club têm ao longo dos anos disponibilizado)

- Deslocações no País e ao Estrangeiro em representação do Club.

Assim, quero apenas deixar a minha admiração, respeito e gratidão a todos os Lotistas que ao longo dos anos, de uma forma absolutamente abnegada, levaram e mantêm o Club Lotus Portugal ao nível dos seus pares em todo o Mundo.

É disso um perfeito exemplo tanto o sítio do Club como este Forum.

Bem-haja a todos.

Aquele Abraço,

Fernando Aguiar

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...



×
×
  • Create New...